terça-feira, 16 de abril de 2024

Alan Guedes libera 13º salário e Dourados é o primeiro de MS a pagar servidores integralmente

Comprovando uma gestão fiscal eficiente em conjunto com um planejamento responsável com as contas da Prefeitura de Dourados, o Prefeito Alan Guedes autorizou o depósito do 13° salário dos servidores nesta segunda-feira, dia 13 de novembro. Totalizando R$ 28.662.187,75, o valor líquido da folha do 13° salário será pago de forma integral e o saldo estará disponível para saque ao longo do dia desta terça-feira (14).

Dourados é a primeira cidade de Mato Grosso do Sul a pagar o décimo dos servidores na totalidade. “Esse pagamento adiantado só foi possível graças ao planejamento e ao compromisso com as contas da prefeitura. Esse esforço tem permitido que a gente consiga se organizar financeiramente para honrar os compromissos e fazer entregas importantes para nossa cidade”, afirmou Alan Guedes.

Ainda de acordo com o prefeito, o pagamento dos salários em dia e a antecipação do décimo terceiro agora em novembro tem vários objetivos. “Primeiro, honrar, reconhecer e agradecer todos os servidores que ajudam a cuidar da cidade. Sem os servidores, nada seria possível. Segundo, permitir que as famílias se organizem melhor para o fim do ano, antecipando compras e colocando os compromissos em dia e terceiro, fomentar o comércio, antecipando o movimento de compras nesse período que antecede o Natal”, enumerou.

A gestão tem procurado, sempre que possível, antecipar os pagamentos dos salários dos servidores, uma forma de valorizar e reconhecer o desempenho do funcionalismo, além de fomentar a economia da cidade, movimentando o comércio e serviços em geral.

Fonte: Assecom

Em ação conjunta, Vigilância Sanitária fiscaliza estabelecimentos a apreende produtos irregulares

A Prefeitura de Dourados, através da Vigilância Sanitária, realizou fiscalização em diversos estabelecimentos que comercializam produtos de origem animal e bebidas alcoólicas, onde foram apreendidos e recolhidos cerca de 4.000 kg de produtos.

A operação foi uma ação conjunta entre a Vigilância Sanitária, Simd (Serviço de Inspeção Municipal), Procon e o CRM-MS (Conselho Regional de Medicina Veterinária de Mato Grosso do Sul), coordenada pela Iagro (Agência Estadual de Defesa Sanitária e Vegetal) e pela Decon (Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes Contra as Relações de Consumo).

Segundo as informações da Vigilância, a ação ocorreu após um período de investigação e teve como alvo diversos estabelecimentos que comercializam produtos de origem animal, suspeitos de receptação de produtos clandestinos, falsificados e/ou irregulares.

A maioria dos produtos apreendidos não possuíam rotulagem ou estavam com rótulos incompletos (Foto: Assecom)

Foram apreendidos, recolhidos e inutilizados cerca de quatro mil quilos de produtos de origem animal (salames, queijos, presunto, queijos, linguiça), além de mel, vinhos, cachaça e doces variados, entre outros produtos alimentícios.

A maioria dos produtos apreendidos não possuíam rotulagem ou estavam com rótulos incompletos, com data de validade expirada, sem procedência, e até mesmo com registros falsificados.

Além da fiscalização, a ação teve caráter educativo no sentido de realizar a devida orientação dos responsáveis pelos estabelecimentos sobre produção, armazenamento, riscos e comercialização de produtos de origem animal.

O objetivo é assegurar a circulação apenas de alimentos próprios para o consumo humano que estejam devidamente registrados e inspecionados por órgãos competentes.

Fonte: Assecom

Sanesul faz novo alerta sobre o uso consciente de água durante temporada de calor

Com mais uma previsão de ondas de calor com altas temperaturas, a Sanesul orienta a população de Mato Grosso do Sul a intensificar o uso consciente de água durante o período.

Com o aumento significativo da temperatura, a população tende a aumentar o consumo de água nas residências, o que pode diminuir as pressões nas redes, gerando pontos de intermitências, principalmente, nas regiões mais elevadas da cidade.

De acordo com a equipe técnica da empresa, com essas ondas de calor é comum que as pessoas busquem melhorar a sensação térmica usando mangueiras para umidificar ambientes, molhando paredes, ruas e calçadas. Porém, essas atitudes não resolvem, são momentâneas e acabam gerando um grande desperdício de água tratada, podendo prejudicar o abastecimento ao longo do dia.

É muito importante o apoio da população neste momento.

Buscando assegurar o abastecimento para todos e manter o sistema na sua normalidade para não faltar, a Sanesul pede que a população de MS faça o uso consciente da água, evitando o desperdício, como:

Fechar a torneira ao escovar os dentes, fazer a barba e lavar louças e objetos. Uma torneira aberta pode gastar até 12 litros de água por minuto;

– Utilizar baldes para realizar limpezas de garagens, automóveis e imóveis;

 – Utilizar água da máquina de lavar roupa para realizar limpezas em geral;

 – Utilizar a máquina de lavar roupa sempre cheia.

 – Evitar o uso de mangueira e adotar a utilização de vassouras para limpezas e de regadores para molhar plantas;

 – Reduzir o tempo no banho. Em apenas cinco minutos, se ensaboando com o chuveiro desligado, é possível ter uma higiene completa.

A Sanesul reforça a importância de ter uma caixa d’água no imóvel, ela garante o abastecimento contínuo em caso de interrupção temporária por razão de reparos emergenciais ou manutenção na rede de distribuição.

É importante evitar o desperdício de água no dia a dia. Desde já, a Sanesul agradece a compreensão de todos. Caso tenha alguma dúvida, por favor, entre em contato com o nosso SAC – Serviço de Atendimento ao Consumidor 24 horas, gratuitamente, pelo telefone: 0800 067 6010.

Fonte: Assessoria

Mega da Virada vai pagar maior prêmio da história: R$ 550 milhões

A Mega da Virada 2023 terá um prêmio estimado de R$ 550 milhões, divulgou a Caixa Econômica Federal nesta segunda-feira (13). Este é o maior valor do prêmio na história do concurso e pode aumentar a depender da demanda.

As apostas do concurso 2670 podem ser realizadas a partir de hoje. O tíquete simples custa R$ 5 e os bolões saem a partir de R$ 15. O sorteio será realizado no dia 31 de dezembro, às 20h.

Como sempre, o prêmio principal da Mega da Virada não acumula. Se não houver acerto de 6 números, o prêmio será dividido entre os acertadores da próxima faixa, de 5 acertos — e assim por diante.

“As apostas devem ser feitas com volante específico da Mega da Virada somente nos canais oficiais das Loterias Caixa”, diz o comunicado do banco.

COMO APOSTAR

Para jogar na Mega da Virada, basta marcar de 6 a 20 números dentre os 60 disponíveis no volante ou deixar que o sistema escolha os números, por meio da Surpresinha. A aposta simples custa R$ 5.

Além disso, quem aposta também pode escolher participar do concurso por meio de bolões, preenchendo o campo próprio no volante, ou adquirir cotas de bolões organizados pelas unidades lotéricas – nesse último caso, uma tarifa de serviço adicional de até 35% do valor da cota poderá ser cobrada.
As apostas devem ser feitas com volante específico da Mega da Virada em qualquer lotérica do país, pelo aplicativo Loterias Caixa ou pelo portal Loterias Caixa. Clientes da Caixa também podem fazer suas apostas pelo internet banking.

Fonte: Portal G1

Calor continua em Mato Grosso do Sul e temperatura pode chegar a 45°C nesta semana

A onda de calor que atinge Mato Grosso do Sul deve continuar durante esta semana, de acordo com previsão do Cemtec (Centro de Monitoramento do Tempo e do Clima). As temperaturas máximas podem chegar a 45°C em algumas regiões do Estado, com possíveis recordes de temperatura máxima e baixa umidade relativa do ar em 2023.

“Nos últimos dias estamos enfrentando altas temperaturas com valores acima de 40°C e baixo valor de umidade relativa do ar entre 10% e 30% em grande parte do Estado. E a previsão do tempo para a semana indica a continuidade do calor, com tempo estável devido a atuação de calor, ou seja, atuação de massa de ar quente e seca que favorecem as altas temperaturas e os baixos valores de umidade relativa do ar”, explicou a meteorologista do Cemtec, Valesca Fernandes.

As altas temperaturas são amplificadas devido a atuação conjunta do El Ninõ. As condições meteorológicas tornam o ambiente propício para a ocorrência de incêndios florestais.

A partir desta segunda-feira (13) até quinta-feira (16), a previsão indica tempo estável com predomínio de sol e variação de nebulosidade devido a atuação da alta pressão atmosférica em médios níveis.

Porém, não estão descartadas pancadas de chuvas e tempestades acompanhadas de raios, rajadas de vento e eventual queda de granizo, devido ao intenso fluxo de calor e umidade e avanço de cavados, aliado ao aquecimento diurno, com destaque para as regiões Centro-sul e Sudoeste do Estado. A maior probabilidade é de ocorrência entre hoje e quarta-feira (15).

Também são esperadas altas temperaturas com valores que podem atingir 40°C a 45°C em MS. Além das altíssimas temperaturas e umidade relativa do ar estará muito baixa entre 10% a 30%. Estão previstas temperaturas mínimas entre 24°C e 27°C e máximas que podem atingir 42°C nas regiões Sul e Leste do Estado.

Para as regiões Pantaneira, Sudoeste e Bolsão as mínimas previstas devem ficar entre 26°C e 30°C e as máximas entre 43°C a 45°C. Para a região Norte as mínimas serão entre 24°C e 26°C e a máxima de 43C. Na Capital as mínimas oscilam entre 26°C e 27°C e as máximas entre 38°C a 40°C. Nestes dias os ventos atuam para elevar sensação de calor, e atingem entre 40 e 60 km/h.

Fonte: Portal do MS

Liandra tem resposta da Energisa sobre fios soltos em postes de energia

A concessionária de distribuição de energia elétrica Energisa Mato Grosso do Sul encaminhou resposta à vereadora Liandra da Saúde (PTB), após ela fazer indicação junto com o vereador Mauricio Lemes (PSB) – na qual solicitavam substituição da fiação de baixa tensão em diversos bairros e na região central de Dourados.

De acordo com a vereadora, após serviços serem executados pela concessionária muitos dos fios utilizados pelas prestadoras de telefonia e internet, e até mesmo pela iluminação pública, são danificados, ficando soltos e, em certos casos, rompidos e pendurados nos postes públicos.

Em ofício assinado pelo coordenador de Grandes Clientes e Poder Público da Energisa, Dian Cleiton de Brito, a concessionária informa que enviará uma equipe para verificar a situação e compromete-se a notificar as empresas de telecomunicações para realizarem a regularização, porque “a distribuidora não tem permissão para fazer ajustes nas redes de telefonia”.

Recentemente, em seu gabinete Liandra recebeu Brito, acompanhado pelo supervisor geral da empresa, Ivaldo da Conceição. Segundo eles, após a execução de serviços de substituição de fios de baixa tensão, tanto a prefeitura quanto as empresas de telefonia, que também utilizam os postes, são informadas pela concessionária de energia quanto à necessidade de reparos ou remoção de fios soltos, para evitar a poluição visual.

Ainda de acordo com os representantes, alguns provedores de internet “utilizam clandestinamente os postes de distribuição”. Por consequência, há “fiação solta ou desordenada, fato que não é de competência da Energisa fiscalizar e atuar nestes casos”.

Fonte: Assessoria