terça-feira, 9 de agosto de 2022

“A gente sabe separar as coisas”, diz vocalista da Casa Worship após ter música utilizada em publicidade do Governo Federal

A banda gospel Casa Worship fez apresentação na quarta-feira, na Expoagro

Compartilhar

Casa Worship durante show gospel na Expoagro (Foto: Emily Puntel)

Não passou despercebido no meio evangélico a música “A Casa é Sua” tocada durante campanha publicitária do programa “Casa Verde e Amarela”, do Governo Federal, uma espécie de mini “Minha Casa, Minha Vida”, que pretende distribuir moradias populares as pessoas com menor poder aquisitivo.

(Assista o vídeo).

A música é de autoria da banda gospel Casa Worship, que esteve em Dourados na quarta-feira (18), durante a 56ª Expoagro, maior feira agropecuária de Mato Grosso do Sul.  O grupo formado pelos músicos, Léo Brandão, Ricardinho e Juliany Souza se apresentou após a cantora Gabriela Rocha, na tradicional noite gospel que acontece durante a feira.

Após o show, a reportagem conversou com os integrantes da banda quanto a utilização de uma música cristã em uma campanha publicitária em um ambiente político.

Ao Estado Notícias o vocalista Léo Brandão afirmou que o uso da música foi autorizado pela produtores da banda e considera benéfico que uma música evangélica seja utilizada em mídias publicitárias governamentais.

“Ficamos felizes por saber que uma música cristã alcançou esse patamar. Eu nunca imaginei que um governo, qualquer um que fosse, abriria os olhos para ver ou ouvir uma música cristã. A gente sempre costuma olhar com os olhos benignos, que realmente uma música cristã está alcançando outras esferas da nossa sociedade”, disse Léo Brandão.

Banda atraiu público evangélico de Dourados e região na quarta-feira (18) – Foto: Emily Puntel

Questionado pelo EN com relação a essência da música e se isto não teria desvirtuado o verdadeiro propósito da mensagem da letra, o cantor afirmou; “A gente sabe separar muito bem as coisas, o ambiente de louvor, adoração e glorificação a Deus e o ambiente onde eles quiseram usar o trecho de uma música nossa para campanha de um programa que tem beneficiado muitas vidas, independente de governo”

Já a vocal Juliany Souza comemorou a repercussão e o aumento de busca pela música ‘A Casa é Sua’ nos plataformas digitais, após a iniciativa do Governo Federal. “Nós percebemos que após o lançamento desta campanha os números de acesso a música aumentaram muito, e, assim, as pessoas vão procurar e acabam recebendo a verdadeira essência”, considera Juliany.

Vocalista Juliany Souza – Foto: Emily Puntel

O Estado Notícias também perguntou se a banda recebeu algum valor financeiro para permitir o uso do direito autoral pelo governo Bolsonaro, porém os músicos não souberam responder e disseram que tudo foi tratado pelos seus produtores.

Crédito: João Pires

 

 

Últimas notícias