quarta-feira, 1 de dezembro de 2021
  • LEIA MAIS
  • Política
  • Neno Razuk solicita a SES estudos para implantação de mutirão de vacinação contra COVID-19 nas escolas

Neno Razuk solicita a SES estudos para implantação de mutirão de vacinação contra COVID-19 nas escolas

Compartilhar

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Deputado Neno Razuk (PTB) - Foto: Wagner Guimarães

O deputado Neno Razuk (PTB) solicitou ao Governo do Estado e a SES (Secretaria de Estado de Saúde) estudos técnicos nas escolas estaduais do de Mato Grosso do Sul para que seja implantado o mutirão de vacinação contra a COVID-19 nas unidades escolares. A proposição visa intensificar a a aplicação do imunizante em adolescentes e priorizar o atendimento dos que ainda não receberam nenhuma dose das vacinas.

A solicitação destaca o início do calendário nacional de vacinação contra Covid-19, que começou a vacinar adolescentes de 12 a 17 anos, no último dia 15 deste mês em todo Brasil. Pensando em otimizar a ação, o parlamentar pede ao secretário de saúde Geraldo Resende (PSDB) que viabilize um estudo técnico de excelência na REE, afim de acelerar a imunização dos estudantes com doses da Pfizer – única vacina autorizada pela Anvisa para ser aplicada em pessoas nesta faixa etária.

“O Mato Grosso do Sul é referência em vacinação no Brasil e fazer uma ação intensificando o acesso às vacinas dentro das escolas irá acelerar esse processo. Lembrando que aulas na Rede Estadual de Ensino já estão 100% presenciais, penso que será uma boa oportunidade de vacinar aqueles adolescentes que ainda não conseguiram ter acesso ao imunizante por algum motivo. A ação também incentiva outras pessoas do convívio familiar a se vacinarem, a estarem protegidos contra o agravamento da doença”, destacou Neno.
Para o parlamentar a “saúde pública é necessária e tem que ser oportunizada de diferentes formas. Já estamos com números animadores, mas podemos diminuir cada vez mais internações e óbitos pela doença”, disse Neno sobre a proposição de mutirão dentro das escolas.

Fonte: Assessoria

Últimas notícias