terça-feira, 9 de agosto de 2022

Projeto de Marçal que cria semana de conscientização de câncer infantil ocular é aprovado

Compartilhar

Deputado Marçal esteve na escola Vilmar para acompanhar a entrega da emenda para compra de televisores (Foto: Divulgação)

Os deputados estaduais aprovaram nesta quarta-feira (15), Projeto de Lei 15/2022 de autoria de Marçal Filho (PP) que institui em Mato Grosso do Sul a Semana de Informação, Conscientização e Incentivo ao Diagnóstico Precoce do Retinoblastoma (câncer ocular). A doença ainda é pouco conhecida e trata-se de um tumor maligno originário nas células da retina dos olhos e que geralmente ocorre em crianças antes dos 5 anos de idade. O projeto segue para sanção do Governo.

O Projeto de Lei tem como proposta incentivar campanhas informativas para ampliar o conhecimento da população acerca do diagnóstico precoce e do tratamento, divulgar os principais sintomas, aperfeiçoar políticas públicas estaduais sobre o tema, e fomentar a pesquisa, a ciência e a inovação, no âmbito da saúde.

“A Semana de Informação e Conscientização que o projeto pretende instituir contribuirá para alertar a população sobre os sinais, os sintomas e a importância do diagnóstico precoce da doença, favorecendo, como consequência, o sucesso nos tratamentos”, justifica Marçal Filho. O Projeto propõe que ações de conscientização sejam realizadas, anualmente, na semana do dia 18 de setembro, data em que acontece o Dia Nacional de Conscientização sobre a doença.

O retinoblastoma é um tumor maligno originário das células da retina, que é a parte do olho responsável pela visão, afetando um ou ambos os olhos. Geralmente ocorre antes dos 5 anos de idade. Os casos podem ser diagnosticados por médicos experientes por meio de exame do fundo de olho, com a pupila bem dilatada.

Entre os sinais do retinoblastoma, o principal é o reflexo brilhante na pupila que é conhecido como reflexo do “olho de gato”. Outros sinais e sintomas, que podem acometer somente um ou os dois olhos, são: estrabismo (olhar vesgo), fotofobia (sensibilidade exagerada à luz) e dificuldade visual.

FONTE: Assessoria

Últimas notícias