terça-feira, 16 de abril de 2024

Setembro registra recordes de temperaturas em cidades de Mato Grosso do Sul

Compartilhar

18 cidades do Estado bateram seus devidos recordes de temperatura (Foto: Divulgação)

Mato Grosso do Sul passa por uma intensa onda de calor nos últimos dias. De acordo com o Cemtec (Centro de Monitoramento do Tempo e do Clima), a causa desta condição é a atuação de um bloqueio atmosférico.

Apenas neste mês de setembro, 18 cidades do Estado bateram seus devidos recordes de temperatura. Entre os municípios que ultrapassaram os 40°C no último domingo (17) estão: Pedro Gomes (40,7°C), com o calor mais intenso do Brasil em 2023, Água Clara (40,6°C) e Porto Murtinho (40,3°C).

Destas 18 cidades, em 11 houve quebra de recordes no domingo (17). Coxim, Laguna Carapã e Rio Brilhante, por exemplo, atingiram 38°C. A segunda-feira (20) também teve calor intenso, com registro de 36°C em Campo Grande, maior temperatura da Capital em 2023, e 39,3°C em Três Lagoas.

Cuidados necessários

Com o clima quente e seco, os cuidados devem ser redobrados para que o prejuízo seja menor. Além da hidratação e de uma boa alimentação, é recomendável arejar os ambientes fechados regularmente, evitar a prática de exercícios físicos entre 10 e 16 horas, lavar tapetes e cortinas com frequência, aspirar e limpar todos os locais que possam acumular poeira, colocar uma bacia de água no ambiente para ajudar a evitar o ressecamento da mucosa respiratória e aliviar desconfortos em crises alérgicas já manifestadas.

Fonte: Portal do MS

Últimas notícias