terça-feira, 9 de agosto de 2022

Aprovado projeto de Marçal que obriga hospital a oferecer local adequado de descanso para enfermeiros

Os deputados estaduais aprovaram em segunda votação nesta quinta-feira (9), o Projeto de Lei 224/2021 de autoria do deputado Marçal Filho (PP) que obriga as instituições de saúde públicas e privadas de Mato Grosso do Sul a disponibilizar espaço físico com condições adequadas de convivência e repouso para a equipe de enfermagem durante repouso de horário de trabalho. O Projeto segue para sanção do governador Reinaldo Azambuja.

A aprovação do projeto era muito aguardada pelo Conselho Regional de Enfermagem (Coren-MS). Conhecida como “Lei do Descanso Digno”, ela é uma realidade nos estados de Alagoas, Rio de Janeiro e Rondônia e a proposta tem como objetivo fazer com que as instituições de saúde sul-mato-grossenses, sejam elas públicas ou privadas, a disponibilizarem espaço físico com as condições adequadas de convivência e repouso aos enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem, durante o horário de trabalho.

Conforme o projeto de lei, a área de convivência e repouso deve ser destinada especificamente à convivência e repouso dos trabalhadores, ser arejada, equipada com conforto térmico e acústico, possuir instalações sanitárias, ser provida de mobiliário adequado ao repouso, ter área útil compatível com a quantidade de profissionais diariamente em serviço.

Conforme Marçal Filho, o Conselho de Enfermagem tem feito denúncias sobre a falta de condições adequadas para o descanso dos profissionais no Estado. Com isso, o Projeto de Lei tem como proposta preservar a integridade física dos profissionais e dos pacientes por eles atendidos, com ambientes de repouso específicos para descanso.

O presidente do Coren-MS, Dr. Sebastião Duarte, espera que a lei seja instituída, para que possa fortalecer as ações de fiscalização do Coren-MS que atua na preservação da saúde física e mental dos auxiliares de enfermagem, técnicas de enfermagem e enfermeiros sul-mato-grossenses. “É uma proposta que atende necessidades muitas vezes ignoradas pelos gestores das unidades de saúde. Não queremos mais encontrar profissionais descansando em locais minúsculos e insalubres, nos intervalos de uma rotina que é extremamente desgastante para eles”, justifica Sebastião.

Após a Projeto de Lei ser sancionado pelo Governo, os estabelecimentos de saúde, públicos e privados de Mato Grosso do Sul terão o prazo de 180 dias para se adequarem às disposições da Lei.

Fonte: Assessoria

Vereadora Liandra agradece troca de lâmpadas na quadra de esportes do Parque dos Ipês

Atendendo solicitação da vereadora Liandra (PTB), a Prefeitura de Dourados, por meio da Semsur (Secretaria Municipal de Serviços Urbanos) realizou na noite de terça-feira (08), a troca de lâmpadas queimadas nos refletores da quadra de esportes do Parque dos Ipês.

O pedido atende a comunidade e atletas amadores que usam a quadra para a prática de esportes no período noturno, principalmente equipes de basquete que utilizam frequentemente o local em treinamentos e lazer. “Agradeço o prefeito Alan, ao secretário de Serviços Urbanos, Romualdo Diniz e assessora Ana Paula que prontamente nos atenderam com mais esta troca de lâmpadas”, agradeceu a vereadora.

Segundo a equipe da Ilumitech (empresa responsável pela manutenção da iluminação pública), ainda nesta quinta-feira (9) serão trocadas as lâmpadas da quadra de vôlei de areia.

Na semana passada, em atendimento à vereadora Liandra, as equipes da Semsur realizaram mutirão de troca de lâmpadas queimadas na região da Via Parque, compreendendo os bairros Vila Cachoeirinha e Cohab II. Ao todo foram substituídas 42 lâmpadas, sendo em 20 postes na Cohab II, 21 na Vila Cachoeirinha e outro na ViaPark.

Fonte: Assessoria

Em Dourados, Puccinelli demonstra confiar nas pesquisas; “Eu respondo da mesma forma que a população responde”

Durante passagem por Dourados na noite de ontem (08), o pré-candidato ao Governo do Estado, André Puccinelli (MDB) demostrou confiar nas recentes pesquisas que apontam a preferência do eleitorado sulmatogrossense, com mais de 15,50% (na espontânea).

Ele cumpriu agenda na Câmara Municipal, onde reuniu simpatizantes e lideranças políticas, entre eles os vereadores Laudir Munaretto (MDB) e Cemar Arnal (Solidariedade) e o deputado estadual Junior (MDB).

Com fama de não tomar nenhuma decisão sem antes consultar pesquisas internas, André Puccinelli afirmou ao Estado Notícias que pretende voltar ao governo de Mato Grosso do Sul, respeitando a opinião pública demonstrada nas pesquisas. “Eu respondo da mesma forma que a população responde: Queremos o André de volta pelo fato de ele dizer sim ou não. Ele não enrola”, disse. “Faço minhas as palavras da população sul-mato-grossense que pede que eu retorne”, completou.

André Puccinelli cumprimentou eleitores e discursou com plenário da Câmara Municipal lotado (Foto: João Pires)

André afirmou ainda a imprensa, que sua visita em Dourados também teve o propósito para lançar a pré-candidatura do seu colega de partido, Laudir Munaretto à deputado federal e conversas com empresários e lideranças de bairros. “Já estivemos no Canaã 3, com empresários que nos pedem a diminuição da carga tributária e ainda pretendo vir outras vezes em Dourados para ouvir os anseios da população”, disse.

Com relação a uma possível vice candidata de Dourados, afirmou: “Se eu arrumar uma mulher vice de Dourados seria o ideal pelo que as pesquisas mostram. Estamos procurando uma mulher ousada, atuante, que queira com o governador sem briga com ninguém olhando para frente”.

Questionado pelo Estado Notícias quanto a sua preferência entre Rose Modesto (Podemos) e Marquinhos Trad (PSD) como adversário em um possível segundo turno, respondeu: “Qualquer um”.

Crédito: João Pires