terça-feira, 9 de agosto de 2022

Dourados realiza 1,6 mil testes rápidos de HIV, Sífilis, Hepatites B e C durante “Julho Amarelo”

Compartilhar

Cerca de 1,4% dos testes tiveram resultado positivo, receberam atendimento médico e iniciaram o tratamento (Foto: Divulgação)

A Prefeitura de Dourados, por intermédio do programa IST/Aids e Hepatites Virais, realizou mais de 1.682 testes rápidos de HIV, Sífilis, Hepatites B e C. As atividades fizeram parte das ações feitas no “Julho Amarelo”, mês de combate às doenças. Destes, cerca de 1,4% dos testes tiveram resultado positivo, receberam atendimento médico e iniciaram o tratamento.

No total, 25 testes deram reagente ativo para as seguintes doenças: 10 para HIV, 14 para Sífilis, 1 para Hepatite B e 0 para Hepatite C. A coordenadora do Programa Municipal de IST/AIDS e Hepatites Virais, Aurenita Barbosa, aponta que este trabalho é realizado durante todo o ano na sede do programa, mas no mês de julho as ações são levadas também para empresas.

“Nós aproveitamos o Julho Amarelo para dar destaque às doenças e facilitar o acesso aos testes, para aquelas pessoas que trabalham no horário de atendimento da nossa unidade. Este ano, tivemos 25 testes positivos e estes foram encaminhados para atendimento médico e começaram o tratamento”, ressalta.

Aurenita ainda reforça que quanto mais cedo houver o diagnóstico, maiores são as chances de melhora. “Estas são doenças silenciosas que quando apresentam sintomas podem estar em estágios avançados o que dificulta o tratamento, mas nos casos de hepatite e sífilis tem cura. Já os casos de HIV, é preciso iniciar o tratamento para evitar que a Aids, forma mais grave da doença, se desenvolva”, assegura.

As ações contaram com a parceria do SEST/SENAT. Entre as atividades foram realizadas uma palestra realizada no Mackenzie Hospital Evangélico – Dr. e Sra. Goldsby King, ações na Ambev, BRF S.A. e Coamo.

Fonte: Assecom

Últimas notícias