terça-feira, 17 de maio de 2022
  • LEIA MAIS
  • Política
  • Fabio Luis pede remoção de árvores em degeneração na Hayel Bon Faker

Fabio Luis pede remoção de árvores em degeneração na Hayel Bon Faker

Compartilhar

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Vereador pede para que seja utilizado o contrato emergencial do celebrado para remoção de árvores condenadas (Foto: Valdenir Rodrigues/CMD)

O vereador Fabio Luis (Republicanos) solicitou ao IMAM (Instituto de Meio Ambiente) a supressão de árvores em estado de degeneração na Avenida Hayel Bon Faker. O parlamentar pede para que seja utilizado o contrato emergencial do celebrado para remoção de árvores condenadas.

De acordo com o vereador, após a revitalização da avenida em obra empenhada e executada pelo Governo do Estado, algumas árvores tiveram suas raízes cortadas para melhorias no canteiro central, e outras estão secas em evidente estado de degradação. Populares que residem e empreendem na região, temem a queda e os transtornos provenientes da negligência do Poder Público.

Dourados tem histórico de queda de árvores, especialmente em dias de chuva intensa. No temporal mais recente, mais de cem quedas foram registradas, causando transtorno de iluminação e bloqueio de avenidas de grande fluxo de veículos.

O PDAU (Plano Diretor de Arborização Urbana) desenvolvido em 2019, estima que Dourados tenha mais de 300 árvores condenadas no perímetro urbano, com necessidade de intervenção do poder público.

O contrato emergencial celebrado pelo IMAM neste ano, com a empresa responsável pela supressão preventiva dessas árvores, também contempla a limpeza e o recolhimento de galhos e troncos em caso de quedas provocadas durante tempestades.

FALE COM O VEREADOR

Fabio Luis possui canal de comunicação direta com o cidadão através do WhatsApp. Demandas dos bairros, denúncias ou sugestões de projetos podem ser encaminhadas ao 679 8472-0010.

Árvores condenadas devem ser removidas, defende vereador (Foto: Assessoria)

Fonte: Assessoria

Últimas notícias