quarta-feira, 1 de dezembro de 2021
  • Colunistas
  • Importa para onde vais, não onde esteves!, por Wilson Aquino

Importa para onde vais, não onde esteves!, por Wilson Aquino

Compartilhar

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Wilson Aquino (*)

Por falta de opção ou orientação familiar, muitos indivíduos acabam encontrando e percorrendo caminhos tortos e errados que os conduzem a ambientes escuros e espinhosos, carregados de sofrimento e dor.

Depois de trilhar longas distâncias e por muito tempo, a maioria acaba por acreditar, erroneamente, que não há como retroceder e muito menos encontrar um novo e seguro caminho, que o conduza à salvação e à verdadeira felicidade.

Sempre é tempo de mudar. De abandonar maus hábitos e costumes; de escolher um outro modo e estilo de vida, deixando para trás tudo de ruim que fazia e lutar para conquistar uma vida digna, honrada, muito melhor.

Até mesmo o maior dos criminosos dentre os homens, ladrões, corruptos e assassinos podem obter o perdão de Deus depois de abandonarem seus crimes, se arrependerem realmente de tudo de mal que faziam e depois também de responderem aos órgãos de justiça dos homens.

Entretanto, há que se observar que o perdão de Deus só é obtido mediante a um verdadeiro e profundo processo de arrependimento dos crimes e pecados cometidos. Parece simples, mas não é. E nem deveria ser, em se tratando de uma relação com o Senhor a quem ninguém engana, pois Ele tudo sabe, tudo conhece, até mesmo aquilo que está escondido, guardado e sentido no mais profundo interior humano. Com o Senhor não se brinca.

Para um arrependimento verdadeiro, todo indivíduo precisa, necessariamente proceder da seguinte forma:

Reconhecer os erros e pecados que vinha cometendo; Prometer e cumprir não mais repeti-los;

Comprometer-se a restituir tudo o que puder;

Sentir pesar. Tristeza verdadeira pelos pecados cometidos;

Perdoar a si e aos outros e dobrar os joelhos em oração a Deus. Aí então estará apto para receber o perdão do Senhor, que conforta, dá alegria e esperança de novos e bons tempos de vida.

O indivíduo precisa saber e entender o propósito da vida de todo ser humano na Terra. Todos vimos a ela para crescer e progredir e esse é um processo que leva a vida inteira. E que de todo bom caminho existente na vida, o melhor é aquele que conduz o homem à salvação. E esse está alicerçado nos mandamentos e ensinamentos de Deus, pois é Ele, o único que tem o poder de ajudar absolutamente todo indivíduo a sair da lama, do atoleiro da vida e conduzi-lo à luz, à alegria.

Devemos entender e acreditar na expiação de Jesus Cristo, que morreu pelos nossos pecados. Esse sacrifício nos permitiu voltarmos atrás dos caminhos errantes que trilhamos, sermos perdoados e aptos para seguir um novo e edificante caminho.  Por isso é que no final, não importa onde esteves, mas sim para onde vais.

(*) Jornalista e Professor