segunda-feira, 16 de maio de 2022

Imasul amplia número de visitantes à Gruta do Lago Azul e mantém medidas de biossegurança

Compartilhar

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Gruta do Lago Azul, em Bonito - Foto: Divulgação

O Imasul (Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul) publicou na edição desta quarta-feira (15) do Diário Oficial do Estado (DOE), a Portaria Imasul nr. 1045 que estabelece novas regras para visitação à Gruta do Lago Azul, em Bonito, para atividade contemplativa. Com a medida, está autorizada a visitação ao monumento de grupos com no máximo 15 componentes, fora o guia, em intervalos de 20 minutos.

A Portaria também mantém as medidas de biossegurança para a prevenção do contágio da doença Covid-19, enquanto durar a pandemia e conforme previsão do Plano de Manejo do monumento, além do uso de equipamentos de segurança como capacete com fixação de três pontas e tênis ou calçados com solado de borracha. O município de Bonito, que organiza a visitação à Gruta, pode ainda adotar outras medidas de segurança que considerar necessária.

Conforme explicou o gerente das Unidades de Conservação do Estado, Leonardo Tostes Palma, o pedido para ampliar o número de visitantes veio do município de Bonito, que faz a gestão do turismo no local. “Para autorizar essa ampliação, consultamos os membros do Conselho do Monumento Natural que se manifestaram favoráveis, desde que fossem cumpridos os requisitos de biossegurança”, disse.

Com essa Portaria, o número máximo de visitantes por dia passa a ser de 327. Antes, era de 210/dia.

Fonte: Portal do MS

Últimas notícias