Projeto LibertArte em parceria com CRAS Indígena realiza oficina e incentiva jovens por meio da Cultura

O artista e professor Henrique Silveira de Sousa, idealizador do projeto LibertArte, em parceria com o CRAS Indígena Semas (Secretaria Municipal de Assistência Social), está promovendo aulas de oficina de muralismo (grafitti e aerografia) para jovens entre 12 e 24 anos.

Segundo a coordenadora do CRAS Indígena, Marisa Gomes, por meio da proposta, os jovens pintaram as paredes do CRAS. “Essa parceria trouxe ânimo para os jovens que ganharam autonomia e ganho social. Esses projetos são de suma importância para a comunidade indígena, pois envolve os jovens em atividades e ainda profissionaliza”, acredita.

A primeira fase do Projeto LibertArte foi viabilizada pela Semc (Secretaria Municipal de Cultura), por meio da Lei Aldir Blanc. Nesta segunda fase, a parceria é entre o CRAS Indígena, o artista Henrique e o Projeto Ânimo, que foi parceiro na viabilização das tintas para as atividades.

“A ação é graças ao empenho do professor e artista que disponibiliza seu tempo para ensinar os jovens que participam da proposta”, afirma Marisa.

Fonte: Assecom

Nesta sexta-feira tem evento sobre autismo na Câmara, proposto por Marcelo Mourão

Proposto pelo vereador Marcelo Mourão (Podemos), acontece nesta sexta-feira (06), a partir das 19h, no plenário da Câmara Municipal de Dourados, um evento voltado para o autismo. Trata-se do “1º Autista também pode”, que vai reunir diversos segmentos para uma palestra e reflexões em torno do assunto e homenagens.

O tema é uma das bandeiras do mandato do vereador Marcelo Mourão que tem atuado com muito empenho na busca de meios que possam melhorar a qualidade de vida de pessoas com TEA (Transtorno do Espectro Autista), que somam mais de 2 milhões no Brasil.

Marcelo disse que a finalidade do evento é “despertar a sociedade para importância do acolhimento, do respeito, da empatia do entendimento sobre o autismo e, acima de tudo reconhecer e aceitar que o autista realiza, faz, transforma, é talentoso, criativo, inteligente e que o mundo dele é o nosso mundo também”.

Para Isabelle Oliveira que é mãe de autista e uma das organizadoras do encontro, “é tempo de exercermos o respeito, reconhecimento, empatia e promover o debate acerca da plena inserção do autista na sociedade”. O evento é uma parceria com pais de autistas e é aberto ao público em geral, principalmente a quem tem interesse e quer saber mais sobre o tema.

Fonte: Assessoria 

UFGD leva tendências, oportunidades e os desafios da ovinocultura para a 56ª Expoagro

A 56ª Expoagro, de 13 a 22 de maio no Parque de Exposições João Humberto de Carvalho, em Dourados, contará com ampla programação técnica voltada aos profissionais do campo, produtores e estudantes. No dia 19 de maio, acontece o XIII Simpósio da Ovinocultura, iniciativa da Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD), em parceria com o Instituto Federal de Mato Grosso do Sul (IFMS). O simpósio vai ocorrer junto ao Encontro Técnico da Ovinocultura, realizado pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR/MS).

Pela UFGD, coordena a iniciativa o professor Fernando Vargas Júnior, da Faculdade de Ciências Agrárias (FCA). Há 16 anos ele conduz pesquisas sobre ovinos, especificamente sobre uma raça rústica e adaptada ao estado de Mato Grosso do Sul, chamada popularmente de “ovino pantaneiro”.

Com início às 8h, o evento abordará as tendências, as oportunidades e os desafios da ovinocultura, palestra que será seguida pelo tema “Manejando a pastagem como uma cultura para produção de ovinos”. Os participantes também terão apresentação sobre práticas associativistas, com foco para o caso do “Cordeiro Castrolanda”, palestra sobre assistência técnica e gerencial (ATeG) na Ovinocultura, pelo Programa ATeG, do SENAR/MS, mesa redonda e exposição do Programa ATeG em Agroindústria. O final das atividades está previsto para as 13h.

Ainda, outros dois eventos movimentam a programação voltada à ovinocultura, no dia 19 de maio: das 14h às 15h30, acontece o Dia de Campo ATeG Ovinos e, das 17h às 18h30, o público pode participar do workshop “Carne de Cordeiro: do Corte ao Fogo”. Ambos serão realizados de forma presencial e são, juntamente com o simpósio, voltados aos profissionais da área, estudantes e produtores rurais.

Os interessados podem efetuar a inscrição, que é gratuita, on-line (antecipada) ou presencial, a partir das 7h30, antes dos eventos, que serão realizados no Parque de Exposições de Dourados: Rua Valério Fabiano, 100, Jardim Alhambra. Todos, com exceção do Dia de Campo, serão ministrados no auditório do local.

Fonte: Assessoria

Neno cria campanha para incentivar doação de IR para a AMA-CG, AAGD e Associação Juliano Varela

Para incentivar a doação de parte do imposto de renda para entidades que atendem as crianças e adolescentes com espectro autista em Mato Grosso do Sul o deputado estadual Neno Razuk (PL) lançou o projeto “Colabora com Amor MAS” que vai estimular os contribuintes a fazerem a doação por meio do IR conforme preconiza a legislação que permite a doação da receita de 3% a 6% aos Fundos dos Direitos da Criança e do Adolescente direcionando para a AMA-CG (Associação dos Pais e Amigos dos Autistas de Campo Grande), AAGD (Associação de Pais e Amigos dos Autistas da Grande Dourados) e também a Juliana Varela, que atende pessoas com espectro autista, microcefalia e outras deficiências intelectuais.

“Muitos contribuintes não sabem, mas é possível fazer essa doação por meio do programa do IR 2022 e o imposto devido é calculado pelo próprio programa da Receita Federal com base nos rendimentos tributáveis e nas deduções informadas na declaração. Nesse caso, quando for preencher a declaração do imposto de renda pessoa física o contribuinte que optar pela tributação por deduções legais, consegue destinar até 3% do imposto devido para os fundos da criança e do adolescente e até mais 3% para os fundos do idoso. Além disso, também podem destinar tanto quem tem saldo de imposto a pagar quanto quem tem saldo de imposto a restituir, e muitas pessoas não sabem disso, por isso nossa campanha para desmistificar o IR e as doações”, explicou Neno sobre a campanha que foi idealizada inclusive para mostrar a importância das entidades. O parlamentar lembra que tudo que for arrecadado não passa por intermediários.

Sobre as entidades

AMA – Associação De Pais E Amigos Do Autista foi fundada em 26 de abril de 1990, quando um grupo de acadêmicos do curso de Psicologia da FUCMT, juntamente com pais de crianças autistas e profissionais fundou a Associação de Pais e Amigos do Autista de Campo Grande/MS – AMA. São 30 anos de história de lutas e conquistas. Por se tratar de uma organização não governamental e sem fins lucrativos, oferece gratuitamente assistência à crianças, adolescentes e adultos com Transtorno do Espectro do Autismo (TEA), cujo objetivo é proporcionar atendimento terapêutico e educacional especializado, em conformidade com as necessidades da pessoa com TEA, viabilizando sua integração na sociedade.

AAGD – Associação de Pais e Amigos dos Autistas da Grande Dourados, foi fundada em 24 de junho de 2010, por um grupo de mães, pais e familiares que se viram na situação de um diagnóstico de autismo para seus filhos, sem encontrarem respaldo de terapias especializadas ou amparo social e legal na cidade de Dourados-MS. É uma organização constituída sob forma de associação, de pessoa jurídica, de direito privado, sem fins lucrativos, desenvolvendo suas ações em sede própria, visando promover o apoio psicossocial, o bem-estar e melhoria da qualidade de vida das pessoas com autismo e suas famílias. Para isso oferece atendimento em psicoterapia individual ao público alvo mediado por psicólogos na área comportamental, atendimentos às famílias com a equipe técnica (assistente social e psicóloga), bem como os projetos complementares, sendo eles: Equoterapia, Ginástica, Musicalização e Apoio pedagógico.

ASSOCIAÇÃO JULIANO VARELA – trabalha com o desenvolvimento de pessoas com Síndrome de Down, foi fundada em 28 de janeiro de 1994, com o objetivo de promover programas para o pleno desenvolvimento de pessoas com Síndrome de Down. Hoje, após 27 anos de experiência no cuidado de pessoas especiais, atendemos usuários com espectro autista, microcefalia e outras deficiências intelectuais.

Fonte: Assessoria

Liandra solicita manutenção dos refletores da quadra de esportes do Parque dos Ipês

Atendendo pedido de atletas amadores que utilizam o Parque dos Ipês, a vereadora Liandra (PTB) encaminhou indicação a administração municipal solicitando manutenção urgente dos refletores de iluminação da quadra de esportes, como troca de lâmpadas queimadas e reposição de reatores danificados.

O local é frequentemente utilizado no período noturno por equipes amadoras de basquete, que relatam dificuldade nos treinamentos por conta de muitos refletores que não estão funcionando por falta de manutenção. A vereadora também solicita serviço de limpeza e podas das árvores em toda a extensão do Parque, incluindo próximo a quadra de esportes, onde galhos já atravessam as telas de proteção atrás das tabelas de basquete.

O documento foi encaminhado aos prefeito Alan Guedes (PP), com cópias ao secretários municipais Romualdo Diniz (Semsur) e Wellington Henrique Rocha (Governo).

ESPORTE

Em indicação protocolada na Câmara durante sessão ordinária de segunda-feira (02), Liandra solicita ao prefeito Alan e secretarias competentes, estudos visando à criação de incentivos fiscais à empresas locais patrocinadoras de atletas do município. A vereadora cita o exemplo de incentivos do governo federal, como o Bolsa Atleta e Bolsa Pódio. “Porém, nem um dos programas atendem todos os atletas, que muitas vezes deixam de participar de importantes eventos pelo fato de não terem uma verba que atenda suas necessidades financeiras”, justifica.

Fonte: Assessoria

‘Pantanal’: Jove ficará cara a cara com Maria Marruá como onça!

A vida não está nada fácil para Jove (Jesuíta Barbosa) em “Pantanal”. Nos próximos capítulos, depois de mais uma discussão pesada com pai, que vai dizer para ele voltar para o Rio, o fotógrafo foge da fazenda e vai para onde? Claro que para a tapera de Juma (Alanis Guillen).

Ele vai pedir para ficar lá e a nossa oncinha 🐆 vai permitir que ele fique num quartinho nos fundos da tapera.

Mas se a Juma e a Muda (Bella Campos) já sabem que o filho de José Leôncio (Marcos Palmeira) é uma pessoa do bem, tem alguém que ainda desconfia dele: trata-se de Maria Marruá (Juliana Paes), ou melhor, a onça que tem que espírito dela (como disse o Velho do Rio).

Jove está nos fundos da tapera quando ouve um barulho. Ele pensa que pode ser o Velho , mas se apavora quando percebe que é uma onça, e que ela está muito perto dele!

Em ‘Pantanal’, onça aparece na tapera e assusta Jove (Jesuíta Barbosa) — Foto: Globo

Medooooo!

A filha de Maria Marruá explica para ela que a onça não quer o mal dele, mas Jove pede para Juma pegar a arma.

“Se ela quisesse lhe matá, ocê tava morto”, diz a garota.

Passado o susto, Juma o leva para o quarto e explica:

“A onça é minha mãe, Maria Marruá.”

“O Velho do Rio que falo. Diz que o espírito da minha mãe encantô nela. E ela ronda a casa des’que ela se foi… Já tô até acostumada.”

Quem ficaria acostumado com uma onça rodando sua casa? Só a Juma e o Velho do Rio mesmo. Se ela pensava que esta explicação fosse acalmar Jove, se enganou:

“Mas eu não estou. E você também não deveria estar!”

Mas não tem jeito, Jove. Se você quiser ficar na tapera, são estas as condições. Maria Marruá agora sabe que você não fará mal à sua filha. E tem mais alguns detalhes que Juma conta:

“E se aparece morcego, se assuste, não. Esses num faz nada pra gente, só come fruto do mato…”

Tá bom ou quer mais? Não perca as emoções de ‘Pantanal’!

Fonte: GShow

Projeto de Marçal cria semana de informação sobre distúrbio que afeta fala de crianças

Os primeiros sinais do desenvolvimento aparecem até os cinco anos, como a fala e a coordenação motora das crianças. Mas os pais precisam ficar atentos nesse processo, pois o que parece um simples atraso, na verdade, pode ser um diagnóstico de apraxia — disfunção neurológica que atinge o planejamento e a programação das sequências de movimentos necessários para produzir a fala. Por ser pouco conhecido, o deputado estadual Marçal Filho (PP) apresentou o Projeto de Lei 105/2022 que institui, no âmbito do Estado de Mato Grosso do Sul, a “Semana de Informação e Conscientização sobre a Apraxia de Fala na Infância”.

Na sessão desta terça-feira (3) na Assembleia Legislativa, o deputado justificou que é preciso incentivar campanhas informativas para ampliar o conhecimento da população acerca do diagnóstico precoce e do tratamento da Apraxia de Fala na Infância e outros tipos de transtornos que afetam a aquisição dos sons, especialmente, os detectáveis na primeira infância.

Conforme o Projeto de Lei, a semana de conscientização e informação deverá ser incluída no Calendário Oficial de Eventos do Estado de Mato Grosso do Sul, de forma a divulgar os principais sinais e características da Apraxia de Fala na Infância, que são produções inconsistentes de consoantes e vogais na repetição de sílabas ou de palavras, apresentando dificuldade para pronunciar as letras; entonação e ritmo da fala afetadas; pausas inadequadas entre os sons e as sílabas; demora para começar a falar as primeiras palavras, quietude e pouca comunicação; instabilidade na fala, alteração na sonoridade das palavras, fala monótona, entre outros.

Ainda conforme o Projeto de Lei, durante a semana de conscientização poderão ser desenvolvidas ações para informar a população, por meio de procedimentos educativos, palestras, audiências públicas, seminários, conferências e a produção de material explicativo, digital ou impresso.

“Quanto mais cedo for identificado e diagnosticado, com o suporte da família e de toda a comunidade, mais rápido o tratamento será direcionado à criança que, com certeza, terá progresso na habilidade de falar. Nesse sentido, a semana de informação e conscientização, certamente, contribuirá para alertar a população sobre os sinais, os sintomas e a importância do diagnóstico precoce do distúrbio, favorecendo, como consequência, o sucesso nos tratamentos”, defendeu Marçal Filho.

O distúrbio

A Apraxia é uma dificuldade motora perceptível que pode ser observada no momento em que a criança não consegue planejar voluntariamente a sequência dos movimentos musculares necessários para a fala. Ela recebe de forma incorreta informações do cérebro para planejar e executar essas ações, o que reduz a capacidade de produzir clara e corretamente as sílabas e as palavras. São crianças que têm o raciocínio preservado, pensam no que querem comunicar, mas não conseguem converter esse pensamento em palavras. É como se a comunicação entre o cérebro e a boca fosse interrompida.

Elas não sabem quais palavras (semântica) e em qual sequência (sintaxe) devem ser usadas para expressar uma ideia. Também não sabem quais os sons e em qual ordem devem ser colocados para formar uma palavra, e muito menos quais músculos e estruturas devem ser movimentados para produzir esses sons. Assim, a Apraxia não se caracteriza como um atraso na fala, mas como um distúrbio motor, neurológico-funcional, que prejudica a produção dos sons da fala.

Fonte: Assessoria

Laudir e Jânio Miguel cobram informações sobre taxas cobradas em serviço funerário em Dourados

Os vereadores Laudir Munaretto (MDB) e Jânio Miguel (PTB) apresentaram requerimento solicitando informações relativas as taxas cobradas pelo serviço funerário de sepultamento prestado pelo município às pessoas em estado de vulnerabilidade social (auxílio mortalidade) e proprietárias de jazigo no cemitério público municipal Santo Antônio de Pádua.

O requerimento apresentado na 13ª Sessão Ordinária, nesta segunda-feira (3), tem o objetivo de esclarecer algumas informações sobre a cobrança desse serviço, visto que o Legislativo recebeu denúncias de que algumas famílias carentes tiveram que arcar com taxas, variando entre R$ 150,00 a R$ 1.500,00.

Além disso, populares informaram que proprietários de túmulos, com ou sem jazigo, também tiverem que pagar entre R$ 600,00 e R$ 2.000,00. A cobrança teria sido feita por servidores da prefeitura com a justificativa de cobrir as despesas com materiais para os sepultamentos, mas sem a emissão de recibos.

Com isso, os vereadores solicitaram as seguintes informações ao Executivo Municipal: 1) Se existe uma taxa a ser cobrada no sepultamento de pessoas beneficiadas pelo auxílio funeral; 2) Se a taxa sofre uma variação e os critérios de cobrança.

Também foi requerida informações sobre a cobrança da taxa para proprietários de túmulos ou jazigos no cemitério Santo Antônio de Pádua, e como isso é aplicado. E quanto aos eventuais recursos auferidos por essas taxas, para onde estão destinados.

“Precisamos dessas informações para poder fiscalizar com afinco essa situação que nos foi apresentada, uma vez que esse auxílio visa garantir o direito social e assistencial às pessoas em estado de vulnerabilidade”, enfatizou Laudir.

O documento foi endereçado ao prefeito Alan Aquino Guedes de Mendonça, ao secretário de Governo e Gestão Estratégica, Wellington Henrique Rocha Lima, e a secretária de Assistência Social Elizete Ferreira Gomes de Souza.

Fonte: Assessoria CMD

Expoagro impulsiona a rede hoteleira de Dourados

A menos de duas semanas para o início da 56ª Expoagro, a rede hoteleira do município de Dourados já se prepara para um aumento expressivo na procura por hospedagem. Durante os dez dias da Feira Agropecuária, considerada a maior e mais importante do Estado, grande parte dos hotéis atinge lotação. Passado o período extremo da pandemia do coronavírus, o setor aguarda com ansiedade o retorno de grandes eventos para faturar.

A clientela da Expoagro é formada por visitantes da região e de outros estados, artistas e equipe, trabalhadores, expositores e o público da Grande Dourados que vem para prestigiar a Feira, participar da programação técnica e dos shows musicais. A Expoagro acontece entre os dias 13 e 22 de maio no Parque de Exposições João Humberto de Carvalho.

Nas últimas edições, a feira registrou mais de 70 mil visitantes. São pessoas que passam por Dourados e consomem serviços e produtos. Valdenir dos Santos é gerente do Hotel Hus, localizado em anexo ao shopping Avenida Center, uma das regiões mais valorizadas da cidade. Ele diz que o mês de maio é considerado importante para o movimento no hotel, justamente por conta da Expoagro.

O gerente explica que a demanda por hóspedes aumenta durante a Feira e a expectativa é que possa chegar entre 80 e 90% de ocupação. “Atendemos público diversificado. Durante a semana são pessoas em busca de negócios e aos finais de semana são famílias e jovens. A Expoagro vai manter esse perfil, já que a feira movimenta muitos negócios do setor do Agro e a área do entretenimento com os shows vai atrair muitas famílias”, disse Valdenir dos Santos.

O Hotel Hus, que recentemente passou por modernização, está preparado para receber os hóspedes. Até a pouco tempo adotava a bandeira da rede Ibis, contudo, no novo processo de sofisticação passou a ser independente, criando a própria marca – Hus. Conforto, qualidade, segurança e localização continuam sendo marcas do empreendimento.

O Hus ainda se destaca por garantir check-in rápido e descomplicado, ambientes confortáveis, modernos e conectados, café da manhã variado, estacionamento aberto 24 horas, além do atendimento humanizado, garantindo aos hóspedes uma experiência completa de estadia em quartos de alto padrão e bom custo.

Segundo o presidente do Sindicato Rural de Dourados, Ângelo Ximenes, o impulsionamento na rede hoteleira é apenas um dos reflexos da Expoagro na economia do município. Segundo ele, outros setores também são diretamente beneficiados, como o comércio e a gastronomia. Com o retorno da feira no formato presencial, ele espera que a 56ª Expoagro seja a maior em volume de negócios.

Foto:  Assessoria

Expoagro tem regra para entrada de menores durante a Feira

A entrada de menores durante a 56ª Expoagro, de 13 a 22 de maio no Parque de Exposições João Humberto de Carvalho, tem regras definidas, conforme estabelece a portaria 01/11, Art. 32 da Vara de Infância e da Juventude de Dourados.

Criança de até 12 anos incompleto somente terá acesso ao Parque de Exposições se tiver acompanhada dos pais ou responsável legal (tutor ou guardião legal), mediante a apresentação de documentação do menor (RG ou outro documento emitido por órgão estatal contendo foto, com nome completo, data de nascimento e filiação, certidão de nascimento do menor, vedada cópia). Também é necessário que o menor permaneça na companhia do responsável durante o tempo todo em que estiver na Expoagro.

Adolescente de 12 a 16 anos incompleto somente terá acesso se estiver acompanhado dos pais, responsável legal (tutor ou guardião legal) ou por acompanhante (terceiro maior autorizado por escrito com firma reconhecida em cartório), mediante ainda da apresentação de documentação do adulto e do menor (RG, carteira de trabalho  CTPS, ou outro documento emitido por órgão estatal contendo foto, com nome completo, data de nascimento e filiação, vedada cópia), devendo ficar na companhia do responsável durante todo o tempo em que permanecer no Parque de Exposições.

Já o adolescente de 16 e 17 anos incompleto poderá ingressar e permanecer no Parque de Exposições desacompanhado, mediante a apresentação de documentação como carteira de identidade RG, carteira de trabalho CTPS, ou outro documento emitido por órgão estatal contendo foto, nome completo, data de nascimento e filiação, vedada cópia.

Os organizadores da Expoagro deixam claro que será proibida a venda e fornecimento de bebida alcoólica ao menor de idade. Também será proibida a entrada de menores de 18 anos no Camarote After e Brahma Stage.

Sobre a Expoagro

A Expoagro é a maior feira de agronegócio do Mato Grosso do Sul e está em sua 56ª edição. O evento, de 13 a 22 de maio no Parque de Exposições João Humberto de Andrade Carvalho, é uma realização do Sindicato Rural de Dourados e organização da Opa Marketing Digital. A 56ª Expoagro tem o patrocínio da Brahma e apoio do Governo de Mato Grosso do Sul, Prefeitura de Dourados, Caixa Econômica Federal, Banco do Brasil, Sicredi, Senar MS, São Bento Incorporadora e Unigran.

Fonte: Assessoria

Com vereadores de Juti, Neno Razuk solicita Casa de Apoio para pacientes em Dourados

O deputado estadual Neno Razuk (PL) solicitou por meio de indicação que seja disponibilizado um local para servir de Casa de Apoio para os pacientes oriundos do município de Juti em Dourados. A solicitação enviada por meio de ofício pelos vereadores Carlos Antonio Tomazeli, Edimauro da Cruz Libert, Deunizar da Silva Dias, Vando Adão Claudino e pela vereadora Luzia Aparecida Araújo, todos do município que é atendido pelo pólo da grande Dourados.

“Solicitamos ao deputado Neno que interceda por nós junto ao Governo do Estado, Governo Municipal ou entidades para firmarmos uma parceria e essa Casa de Apoio seja instalada no município de Dourados e que vão para tratamentos médicos no município vizinho. Estamos cientes das dificuldades dos pacientes que nos pediram para juntar forças e conseguir esse atendimento”, destacou a vereadora Luzia.

Segundo os representantes municipais são muitas as dificuldades que os pacientes passam durante a viagem. “Muitos deles têm que ir várias vezes ao mês por ser um tratamento contínuo. Nossa sugestão é que seja criado em Dourados uma casa de apoio que os pacientes possam ir até lá descansar, fazer suas refeições e até estadia se necessário enquanto aguardam suas consultas e o término dos atendimentos dos demais; caso não seja possível esta casa de apoio que seja oferecido o café da manhã, almoço e café da tarde se necessário aos usuários”, pontuaram em ofício.

Para Neno Razuk é importante receber esse tipo de demanda. “Conversamos e entendemos o quanto uma casa de apoio pode fazer a diferença para quem necessita do atendimento, já tinha conversado com os vereadores em Juti e vamos trabalhar junto ao Governo do Estado e a Secretaria Estadual de Saúde para que isso aconteça”, destacou Neno.

As proposições solicitadas pelos vereadores que visitaram o gabinete do deputado serão encaminhadas para as respectivas secretarias. “Com atenção especial a criação desse ponto de apoio para as pessoas, que num momento de fragilidade vão ter onde receber atendimento digno e merecido”, finalizou.

Fonte: Assessoria

Mauricio Lemes pede trabalho de limpeza e roçada para parque e avenidas

O vereador Mauricio Lemes (PSB) solicitou para a prefeitura de Dourados, através da Semsur (Secretaria Municipal de Serviços Urbanos), serviço de limpeza e roçada para o Parque Victelio De Pellegrin, na região do bairro Jardim Novo Horizonte e também para a Avenida Joaquim Teixeira Alves no cruzamento com a Avenida Aziz Rasselen, na região do Centro.

As duas indicações do vereador foram apresentadas na 12ª Sessão Ordinária da Câmara de Dourados, direcionadas ao prefeito Alan Guedes (PP) e também ao secretário municipal de Serviços Urbanos, Romualdo Diniz.

Conforme destacado por Mauricio, os trabalhos se fazem necessários com urgência em ambas as regiões, já que o mato está muito alto e causando transtornos.

No Jardim Novo Horizonte, o momento de lazer da população no parque está comprometido pelo mato e sujeira, que também oferece riscos de proliferação do mosquito Aedes aegypti e animais peçonhentos. Para garantir a segurança e tranquilidade dos frequentadores, moradores da região solicitaram a ajuda do vereador para o encaminhamento de um pedido de urgência. O mesmo aconteceu com relação ao mato alto e lixo no cruzamento das Avenidas Joaquim Teixeira Alves e Aziz Rasselen.

Demais indicações

Ainda na 12ª sessão do ano, Mauricio encaminhou indicação para o prefeito, com cópia ao secretário municipal de Governo, Wellington Henrique Rocha de Lima, além do secretário da Semsur, Romualdo Diniz, para que seja feita a manutenção do ponto de ônibus localizado na Rua Manoel Santiago, próximo à Unigran (Centro Universitário da Grande Dourados), com a troca de lâmpadas do poste que fica em frente.

Isso porque o banco do ponto de ônibus que acolhe os universitários que utilizam o transporte público está quebrado, fazendo com que os usuários tenham que aguardar em pé até a chegada do coletivo. E a falta da iluminação faz com que os acadêmicos que estão aguardando fiquem no escuro, o que traz riscos à segurança deles.

Por fim, também foi apresentada uma indicação para o prefeito e os secretários de Governo e Serviços Urbanos para que seja realizado um serviço de tapa buracos na Rua Maria da Glória, esquina com a Rua Major Capilé.

Esse local tem buracos no asfalto e a situação tem causado muitos acidentes. Com o objetivo de evitar essas ocorrências e garantir segurança aos douradenses que transitam diariamente por essa rua, o vereador encaminhou o pedido em caráter de urgência.

Fonte: Assessoria

Troca dos passaportes da Expoagro será de 9 a 12 de maio no Shopping Avenida Center

Acontece entre os dias 9 a 12 de maio, das 14h às 22h, no Shopping Avenida Center em Dourados, a troca dos passaportes dos shows da Expoagro comprados em 2020. O evento não ocorreu em virtude da pandemia da Covid-19 que impôs uma série de restrições sanitárias.

Paulo Vieira, diretor do Sindicato Rural de Dourados, explica que os passaportes adquiridos em 2020 serão trocados normalmente para a 56ª Expoagro 2022. O passaporte é aquele que dá acesso a todos os shows da feira agropecuária.

Quem adquiriu o convite individual em 2020 não precisará fazer a troca do ingresso. Basta apresentá-lo na portaria durante o show da escolha preferida.

A troca dos passaportes poderá ser feita entre os dias 9 e 12 de maio, na central de atendimento do Shopping Avenida Center, localizado no corredor da loja Anita Calçados, das 14h às 22h.

Shows

Os shows da 56ª Expoagro vão contemplar sertanejo, pop, eletrofunk e gospel. No dia 13 de maio haverá apresentação dos Brutos de Verdade (João Carreiro e Jads & Jadson), com entrada franca para pista; no dia 14 será a vez de Patrícia & Adriana e Bruno & Marrone; no dia 15 quem sobe ao palco é Enzo Rabelo e Ana Castela, com entrada gratuita de pista; no dia 18 haverá louvor e adoração com Gabriela Rocha e Casa Worship; no dia 19 será a vez de Zé Neto & Cristiano e Antoniela Bigatão; no dia 20 a animação ficará com Ícaro & Gilmar e Dj Guga; e para encerrar, no dia 21, Jeferson Moraes e Pedro Sampaio vão agitar a Expoagro Dourados.

Sobre a Expoagro

A Expoagro é a maior feira de agronegócio do Mato Grosso do Sul e está em sua 56ª edição. O evento, de 13 a 22 de maio no Parque de Exposições João Humberto de Andrade Carvalho, é uma realização do Sindicato Rural de Dourados e organização da Opa Marketing Digital. A 56ª Expoagro tem o patrocínio da Brahma e apoio do Governo de Mato Grosso do Sul, Prefeitura de Dourados, Inpasa, Caixa Econômica Federal, Banco do Brasil – Governo Federal, Sicredi, Senar MS, São Bento Incorporadora e Unigran.

Fonte: Assessoria

Liandra destaca mutirão de CadÚnico no Jardim Guaicurus e Canaã 1, nesta sexta-feira

Nesta sexta-feira (29) a Prefeitura de Dourados, por meio da Semas (Secretaria Municipal de Assistência Social), realiza mais um mutirão para regularização do CadÚnico 2022 (Cadastro Único). O cadastramento acontece nos bairros Jardim Guaicurus, das 7h às 16h (com pausa para almoço) e no Cras do Jardim Canaã I, com atendimento das 7h às 13horas.

Os mutirões de CadÚnico são realizados desde o final do mês de março e já contemplaram os bairros Jóquei Clube, Parque do Lago II, aldeias indígenas, Vila Cachoeirinha e os distritos de Vila Vargas e Itahum. A atualização é exigência do Ministério da Cidadania e tem como objetivo averiguar e revisar os cadastros para evitar que pessoas percam benefícios do governo federal.

A iniciativa atende diversas proposições da vereadora Liandra, encaminhadas ao Executivo, entre elas, indicação nº 2302/21, protocolada no mês de novembro de 2021, solicitando a realização de mutirões em todos os Cras (Centros de Referência de Assistência Social do Município).

Recentemente a vereadora também reforçou pedido na Câmara Municipal, considerando o aumento de famílias que procuram os Centros de Referência para regularização do cadastro, como ocorreu no início do mês de abril, no Cras do Jardim Água Boa, onde alguns usuários relataram tumulto na distribuição de senhas, devido ao número insuficiente de atendentes no local. “Estes mutirões são muito importantes devido ao aumento da demanda por este atendimento nos Cras”, destaca Liandra.

CadÚnico

Com o CadÚnico os cidadãos podem ter acesso a vários Programas Sociais, garantindo assim o auxílio socioeconômico necessário para si ou para a família, como Programa Bolsa Família (que será substituído pelo Auxílio Brasil); Tarifa Social de Energia Elétrica; Programa Casa Verde e Amarela; Bolsa Verde; Benefício de Prestação Continuada (BPC); ID Jovem; Carteira do Idoso; Auxílio Emergencial; Isenção de taxas em Concursos Públicos. Também é comumente utilizado para a seleção de beneficiários de programas Estaduais e Municipais.

Fonte: Assessoria

Projeto de Neno Razuk quer estimular doação de sangue animal

Quem tem um animal de estimação sofre ao vê-lo doente e muitas vezes é possível salvar. E assim como os seres humanos, os animais também podem receber doação de sangue. Pensando nisso, o deputado estadual Neno Razuk (PL) apresentou o Projeto de Lei 99/2022 que institui a “Campanha Vida Animal” para estimular a doação de sangue de animais e com isso, salvar vidas.

“Nosso objetivo é estimular a criação e manutenção de bancos de sangue veterinários para animais domésticos. Nesse sentido, a promoção da doação segura de sangue animal, especialmente por meio da instalação e manutenção de bancos de sangue veterinários é muito importante. Também temos que trabalhar na questão da divulgação para conscientizar os tutores de animais domésticos sobre a importância do ato de doação de sangue animal”, destaca o parlamentar que acredita na sensibilidade dos outros deputados para aprovação da matéria que vai passar pela CCJR (Comissão de Constituição, Justiça e Redação Final).

Neno acredita que com a difusão das informações sobre o tema, muitos animais podem ser salvos. “A doação de sangue animal ainda é uma prática relativamente desconhecida e conta com poucos adeptos. Precisamos realizar boas campanhas como forma de política pública a ser implementada para estimular a conscientização e instrumentalizar a doação segura de sangue animal. É uma questão de saúde pública também”, defendeu.

Para doar, os animais precisam passar por uma série de testes clínicos, que vão verificar se eles estão em boas condições de saúde. A doação é realizada por meio da veia jugular e o sangue é coletado em uma bolsa (como é feito com os humanos). Os cães podem doar até 450 ml de sangue, enquanto os gatos, até 40 ml.

Fonte: Assessoria