terça-feira, 9 de agosto de 2022

Decreto do Governo do Estado não é lockdown nem aqui e ‘nem na China’

Confusão

O Decreto nº 15.693/2021 publicado hoje (10) pelo Governo do Estado tem gerado confusão nas redes sociais com relação ao que pode ou não funcionar até o dia 24, quando encerra o período de vigência da normativa. Em apenas uma página publicada no Diário Oficial desta quinta-feira, sugere apenas que os 43 municípios considerados em situação extrema da Covid-19, adotem as medidas previstas no sistema Prosseguir.

E o que prevê?

De acordo com a bandeira cinza do Prosseguir, os municípios que se enquadrarem nesta modalidade devem adotar o toque de recolher às 20 horas e o funcionamento de apenas atividades essenciais, ou seja, “quase tudo”, pois a lista contém pelo menos 45 segmentos que permite a abertura.

Não é lockdown

Para ficar bem claro que o novo decreto no Estado não pode ser considerado lockdowm nem aqui, ‘nem na ‘China’ e nem em lugar algum, a Rapidinhas divulga a lista do que pode abrir até o dia 24 de junho, valendo a partir de amanhã, dia 11.

 

SEGUE A LISTA:

1.1. Serviços públicos prestados no âmbito dos órgãos, autarquias e das fundações do Poder Executivo Estadual, exclusivamente de forma remota ou a distância, podendo ser exercidos presencialmente os de: saúde; segurança pública; defesa civil; assistência social nas residências inclusivas e na casa abrigo; infraestrutura; controle de  serviços públicos delegados; compras e contratações de bens e serviços; fiscalizações tributária, sanitária, agropecuária, ambiental e metrológica e outros serviços indispensáveis mediante determinação do dirigente máximo do órgão ou entidade;

1.2. Assistência à saúde:

1.2.1. Serviços médicos, de enfermagem e hospitalares não eletivos;

1.2.2. Cirurgias eletivas restritas às cardíacas, oncológicas e aquelas que possam causar danos permanentes ao paciente caso não sejam realizadas durante o período de suspensão;

1.2.3. Serviços prestados por odontólogos, fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais, psicólogos e fonoaudiólogos, de forma remota ou à distância, podendo o atendimento ser presencial somente em casos de urgência, emergência ou de pessoas que necessitem de acompanhamento especial e contínuo;

1.3. Assistência Social a vulneráveis e a pessoas que necessitem de cuidados especiais, tais como portadores de deficiência, idosos e incapazes;

1.4. Serviços de segurança;

1.5. Transporte e entrega de cargas, incluídos materiais perecíveis, produtos de limpeza, sanitizantes, materiais de construção e afins;

1.6. Transporte coletivo de passageiros, incluído o intermunicipal;

1.7. Transporte de passageiros por táxi ou aplicativo;

1.8. Coleta de lixo;

1.9. Telecomunicações e internet;

1.10. Abastecimento de água;

1.11. Esgoto e resíduos;

1.12. Geração, transmissão e distribuição de energia elétrica;

1.13. Produção, transporte e distribuição de gás natural;

1.14. Iluminação pública;

1.15. Serviços funerários;

1.16. Atividades com substâncias radioativas e materiais nucleares;

1.17. Prevenção, controle e erradicação de pragas dos vegetais e de doença dos animais;

1.18. Serviços bancários, de pagamento, crédito e saque, exclusivamente na modalidade de autoatendimento para o público em geral, ficando permitido o atendimento presencial para:

1.18.1. Atividades administrativas internas nessas unidades;

1.18.2. Pagamentos exclusivos de benefícios da seguridade social (assistência social, previdência e saúde), tais como: vale renda, bolsa família, pensões e aposentadorias, observados os calendários oficiais;

1.19. Tecnologia da informação, call center e data center;

1.20. Transporte de numerários;

1.21. Geologia (alerta de riscos naturais e de cheias e inundações);

1.22. Atividades agropecuárias, incluindo serviços de produção pecuária e cultivos de lavouras temporárias e permanentes;

1.23. Serviços mecânicos;

1.24. Comércio de peças para máquinas e veículos, exclusivamente sob a modalidade delivery;

1.25. Serviços editoriais, jornalísticos, publicitários e de comunicação em geral;

1.26. Manutenção, instalação e reparos de máquinas, equipamentos, aparelhos e objetos;

1.27. Centrais de abastecimentos de alimentos;

1.28. Construção civil, montagens metálicas e serviços de infraestrutura em geral;

1.29. Serviços de delivery e drive thru em geral;

1.30. Produção, distribuição e comercialização de combustíveis e derivados;

1.31. Frigoríficos, curtumes e produção de artefatos de couro;

1.32. Extração mineral;

1.33. Indústria e comércio de produtos de saúde, higiene e alimentos, para seres humanos e animais, e de bebidas, vedado o consumo de alimentos e bebidas nos locais;

1.34. Indústrias: têxtil e de confecção; de produtos à base de petróleo, inclusive a distribuição; produção de papel e celulose; do segmento de plástico e embalagens; de produção de cimento, cerâmica e artefatos de concreto, metalúrgica e química;

1.35. Serrarias e marcenarias;

1.36. Atividades em escritórios nas áreas administrativa, contábil, jurídica, imobiliária, entre outras, de forma remota ou a distância;

1.37. Serviços de engenharia, agronomia e atividades científicas e técnicas;

1.38. Usinas e destilarias de álcool e açúcar;

1.39. Serviços cartoriais;

1.40. Serviços de higienização, sanitização, lavanderia e dedetização;

1.41. Educação dos níveis fundamental, médio, técnico-profissionalizante, superior e pós graduação, em formato remoto ou a distância;

1.42. Serviços postais;

1.43. Serviços de hotelaria e de hospedagem em geral;

1.44. Parques Estaduais, observado disposto no § 2º do art. 1º deste Decreto;

1.45. Atividades religiosas, vedada a aglomeração e desde que realizadas mediante a adoção das medidas de biossegurança recomendadas pela Organização Mundial de Saúde, nos termos da Lei nº 5.502, de 7 de maio de 2020.

 

Colunista: João Pires 

 

A quem interessa a cadeira de prefeito de Dourados?

Inferno astral

Segundo o calendário zodíaco, o ‘inferno astral’ é aquele momento que antecede a data do aniversário de alguém onde acontece tudo de negativo, onde nada é tão ruim que não possa ser pior. Comparação perfeita para o cargo de prefeito de Dourados, só que em período reverso, ou seja, pós eleição.

Passado

Prova disto, foram os primeiros meses do mandato do excêntrico ex-prefeito Ari Artuzi, eleito em 2008 e que acabou falecendo em um hospital público, após ser preso e ter o mandato cassado por denúncia de corrupção e posteriormente absolvido dias antes de morrer. Triste sina.

Mais passado

Exemplo mais recente também foram os primeiros meses da ex-prefeita Délia Razuk, após seis anos de “calmaria” pelo seu antecessor, passou por maus bocados com uma folha de pagamento inchada, tendo em vista a necessidade de adequações no PCCR (Plano de Cargos, Carreiras e Remunerações). E assim foi…

E hoje

E hoje, nada de novidade considerando as recentes denúncias de supostos favorecimentos de mídias publicitárias, apresentadas durante sessão da Câmara Municipal pela vereadora Lia Nogueira contra o atual prefeito Alan Guedes, eleitos pelo mesmo partido (PP).

Até quando?

Fica a pergunta: Chegaremos ao dia em que Dourados terá uma governabilidade plena, sem ‘ruídos’ de denúncias, CPI’s e perdas de mandato, incluindo no Legislativo?.

A Cadeira

Se você chegou até aqui certamente foi atraído pelo título e assim como a coluna Rapidinhas, quer saber a quem pertence a cadeira de prefeito de Dourados? Em tese, pertence ao povo douradense que busca sua independência política demonstrada nas urnas há quase 20 anos. Que Deus nos abençoe!

(Colunista: João Pires)

 

5 mil adesivos e milhares de santinhos com CNPJ errado atrasa campanha de candidato a prefeito

 

ATRASO

 

Pouca gente percebeu, mas ainda ninguém viu nenhum material da campanha do candidato Barbosinha (DEM) que disputa eleição a prefeito de Dourados. O motivo seria o atraso na entrega por conta de um erro no CNPJ que acabou sendo impressos, mesmo errados, pelo menos 5 mil adesivos e milhares de santinhos.

 

MAIS ATRASO

 

Segundo passarinho que andou piando por ai, o erro ocorreu por conta da troca do CNPJ entre os candidatos Barbosinha, que disputa eleição em Dourados e Hélio Peluffo (PSDB) que tenta ser reeleito em Ponta Porã.

 

RECICLAGEM

 

O material, que foi impresso em Campo Grande, agora deve ter como destino final uma das empresas de reciclagem da capital do Estado, ou caso contrário, pode ser cortado um por um, com ajuda de uma tesoura a numeração errada dos santinhos, como alguém sugeriu à coluna De Olho, do colega Alfredo Barbara Neto. Eita pega!

 

100% DOURADENSE

 

Por outro lado, a chapa ‘Respeito por Dourados”, parece mesmo estar fazendo justiça ao slogan de campanha. Tendo como candidato na majoritária o vereador Alan Guedes (PP), todo o seu material, desde impressos à ferramentas on-line estão sendo confeccionados por empresas e mão de obra douradense.

 

DOURADENSE MESMO

 

A Rapidinhas! apurou que parte dos materiais impressos do candidato a preifeito de Dourados Alan Guedes, estão sendo feitos na gráfica Stilus, localizada na rua Mato Grosso e na gráfica Akatsuca, localizada na Rua dos Missionários. Já na Emplac, localizada no Jardim Santo André, estão sendo feitos os adesivos perfurados. Ai sim!

 

CONSELHO

 

Fora da disputa por um novo mandato, a prefeita Delia Razuk (sem partido) procura manter postura isenta diante da eleição do sucessor, mas tem orientado candidatos a vereador de seu grupo político, caso eleito ou reeleito, que nunca vote contra os servidores público municipal.

 

PCCR

 

Segundo pássaro que voa em lugares altos, chegou à chefe do executivo municipal a informação de que determinado candidato a prefeito de Dourados estaria disposto a rever o PCCR (Plano de Cargos, Carreira e Remuneração) do funcionalismo municipal. Que coisa heim!

 

RECORDAÇÃO

 

Vale lembrar que o atual PCCR dos servidores municipais de Dourados foi aprovado no apagar das luzes do mandato anterior (Murilo) e passou a valer no início do atual mandato. Ou seja, Delia assumiu a prefeitura com o impacto do novo plano de cargos e teve que se desdobrar para pagar os salários dos servidores, que resultou em um forte impacto na folha salarial do funcionalismo público.

 

 

Projeto ‘oportunista e eleitoreiro’ criava lei já existente em Dourados

VETO

 

Leitor comentou à coluna Rapidinhas! sobre a aprovação do veto do Executivo municipal, na Câmara de Vereadores, na segunda-feira (01). O veto ao Projeto de Lei 50/2020 que “institui medidas de transparência ativa no Município de Dourados, referentes às ações de enfrentamento da Covid-19”, ainda repercute, principalmente nas redes sociais, e expõe o confronto, natural em período eleitoral.

 

JÁ EXISTE

 

O veto, conforme argumentam vereadores da base aliada, não se dá pura e simplesmente por desejo da gestão municipal e, sim, por não se tratar de uma novidade ou necessidade jurídica, pois a disponibilização de informações visando aumentar a transparência e a participação do cidadão já está amplamente disponível e acessível, na forma de leis federais aplicáveis ao caso, dispensando a edição de lei local, repetitiva, para estabelecer conteúdo já existente em leis de abrangência nacional. Assim, ponderam, é dispensável a repetição de normativa local, em super abundância de texto legal.

 

LINK

 

O projeto vetado pretendia que o Município criasse um portal de transparência sobre ações de enfrentamento ao Covid-19, todavia, o Município já dispõe, no seu Portal de Transparência, de link específico (CLIQUE AQUI) e devidamente identificado com todas as informações relativas à matéria, conforme exigência de legislação federal. Sem contar, ainda, que o mundo jurídico administrativo dispõe da Lei da Transparência (Lei Complementar 131/2009) e também da Lei de Acesso à Informação (12.527/2011).

 

PORTAL TRANSPARÊNCIA

 

No Portal da Transparência do Município de Dourados o cidadão pode acompanhar a administração pública, em todas as formas de gestão do Executivo. É completo e detalhado e atende a legislação federal, tendo sido inclusive objeto de acompanhamento pelo Ministério Público Federal. Existe, inclusive, no portal do Município um filtro especial denominado Covid-19, no qual é possível encontrar todas as informações relativas aos recursos recebidos das esferas públicas e as despesas efetuadas com estes, bem como as medidas de enfrentamento realizadas pelo Município.

 

MAIS TRANSPARÊNCIA

 

Há que se considerar que a transparência específica buscada pelo projeto de lei foi objeto de recomendação do Tribunal de Contas do Estado, bem como do Ministério Público Estadual. Tanto que o Município criou instrumentos que possibilitam aos usuários que façam cruzamentos e análises específicas dos registros relativos às medidas de enfrentamento da pandemia”.

 

OPINIÃO

 

Assim sendo, na opinião do leitor, parece ser “oportunista e eleitoreira” a proposta, principalmente levando-se em conta estarmos em período que antecede às eleições municipais.

 

 

Pagou, passou! Instituição de ensino cobra R$ 450 para fazer TCC de alunos em Dourados

 

Daí é fácil

 

Passarinho vermelho contou à coluna Rapidinhas! hoje (25) pela manhã, que uma instituição de ensino particular (EAD e semipresencial) em Dourados estaria facilitando a vida dos estudantes que estão no último ano da graduação. O objetivo é muito simples, garantir a aprovação do aluno, sem que ele precise se preocupar em fazer o conhecido TCC (Trabalho de Conclusão de Curso).

 

Fácil, fácil….

 

Segundo o canto do pássaro, o combinado funciona mais ou menos assim, o aluno paga o valor de R$ 450 ao professor contratado para ‘orientar’ o formando, só que quem acaba fazendo todo o TCC é o próprio docente, que tem inclusive uma salinha disponível só para isso na unidade de ensino. Que coisa…

 

Bolão pé quente!

 

Grupo de Dourados com 100 participantes acertou a quadra da Quina de São João, no sorteio realizado ontem (24) a noite em Campina Grande, na Paraíba. Como nenhum apostador acertou as cinco dezenas, o valor pago aos 1577 apostadores que acertaram a quadra, incluindo o bolão em Dourados, receberam o valor de R$ 97.451,78 cada.

 

Mais bolão

 

O Bolão douradense tem como administrador o repórter fotográfico Ademir Almeida, idealizador do grupo que existe desde o ano de 2013. Com o resultado do sorteio da Quina de São João, cada integrante do grupo receberá o valor de R$ 10.999,00, somados os duques e ternos de outras apostas.. As dezenas sorteadas foram 17 – 27 – 53 – 78 – 79.

 

Ainda bolão

 

O ‘bolão do Ademir’, como é conhecido existe há 7 anos e participa todo fim de ano na Mega da Virada, com a aposta máxima de 15 números e ainda em três grandes sorteios durante o ano. Em 2016 o grupo faturou a quadra da Mega da Virada, onde rendeu R$ 230 para cada integrante. “Muitos desistiram e transferiram sua cota para outra pessoas durante esses 7 anos. Agora com esse prêmio de 11 mil para cada um, quero ver quem vai abandonar o grupo!”, comemorou Ademir.

 

Zap Zap

 

Assim que o administrador do grupo do WhatsApp informou o resultado do sorteio aos participantes do bolão, não faltaram comemorações. Teve gente que nem dormiu tamanha emoção pelo prêmio, como prova as mensagens na madrugada desta terça-feira! A Rapidinhas! parabeniza os ganhadores e torce por valores mais altos nos próximos sorteios.


CLIQUE AQUI E CURTA A PÁGINA DO ESTADO NOTÍCIAS NO FACEBOOK

 

Ademir Almeida, administrador do bolão douradente após a retirada do prêmio na Caixa Econômica Federal (Foto - Facebook)

 

Geraldo ameniza cortes do Governo, mas não garante início da 2ª fase da obra no Hospital Universitário

 

Com cortes

 

O secretário de Estado de Saúde Geraldo Resende amenizou os efeitos do corte de R$ 20 milhões, oriundos de emendas parlamentares destinados ao Hospital Universitário de Dourados. Em release distribuído à imprensa ele confirma o bloqueio das verbas federais executadas pelo governo Bolsonaro e qualifica o corte financeiro como ‘contingenciamento’.

 

Mais cortes

 

Na matéria, o secretário justifica que o ‘contingenciamento’ ocorre quando verificada a frustração na arrecadação da receita prevista ou o aumento das despesas obrigatórias que venham a comprometer o alcance das metas fiscais. “Com isso, torna-se necessária a adoção de mecanismos de ajuste entre receita e despesa”, citou.

 

Obra no HU

 

Com relação à construção da Unidade da Mulher e da Criança em andamento no terreno anexo ao Hospital Universitário, o secretário Geraldo Resende ressalta que o corte de R$ 20 milhões não afetou a conclusão da primeira etapa da obra, mas também não garantiu a execução da segunda fase, já que na mesma matéria, ele afirma somente “que os recursos já empenhados garantem a execução da primeira etapa em sua totalidade”.

 

Mais obra no HU

 

Por outro lado o secretário de Estado afirmou que “gestões políticas serão feitas em conjunto pelo Governo Estadual e a bancada federal de Mato Grosso do Sul com a Presidência da República, com vistas ao desbloqueio da emenda e posterior empenho do valor integral de R$ 20 milhões”. Então tá…

 

Ainda obra no HU

 

Na tarde de ontem (06) o Estado Notícias conversou com assessoria de imprensa do HU que confirmou que a emenda da bancada federal do MS, de fato garante somente a primeira etapa da construção da Unidade da Mulher e da Criança. No entanto, já para o início da segunda etapa não existe previsão de liberação da verba, segundo a assessoria.

 

Protestos

 

Durante todo o dia desta terça-feira, acontece protestos em Brasília contra os cortes no orçamento destinados as universidades e escolas federais no País. As manifestações são uma reação de reitores e representantes de mais de 60 instituições públicas federais que foram impactadas pela medida adota pelo MEC (Ministério da Educação).

 

UFPI

 

Para ter ideia dos efeitos dos cortes nas instituições públicas de ensino superior, na Universidade Federal do Piauí (UFPI), o bloqueio de mais de R$ 33 milhões de reais na instituição representa quase 50% do orçamento para o período entre maio e dezembro de 2019. Segundo o reitor Arimateia Dantas Lopes, caso seja mantido o bloqueio, a Universidade em Piaí pode fechar as portas até o mês de setembro.

 

LEIA TAMBÉM – GOVERNO BOLSONARO BLOQUEIA R$ 20 MI EM RECURSOS E OBRA DO HOSPITAL DA MULHER E DA CRIANÇA PODE PARAR NA 2ª FASE

 

Universidade Federal da Grande Dourados foi alvo de bloqueio equivalente a 62% dos recursos federais (Foto - Divulgação)

 

Presidente do Sete de Dourados diz que clube não joga no Douradão; “nossa Casa é o Chavinha”

 

Desabafo

 

O presidente do Sete de Dourados compartilhou suas mágoas em sua página do Facebook, na tarde desta quarta-feira (27). Em uma postagem direcionada “aos torcedores e amigos do 7 de Setembro”, o gestor do Clube, Tony Montalvão, afirmou que até agora não existe nada que sinalize alguma possibilidade que os jogos aconteçam no Estádio Douradão.

 

Chavinha

 

Frustrado com classe política e empresários, Montalvão reafirmou no Facebook que o Clube do Sete de Dourados mandou seus jogos no Estádio Chavinha, em Itaporã. Afirmou ainda que só está escutando um ‘zum zum zum’ e que muitos estariam buscando interesses próprios, e  “ninguém está correndo para arrumar um patrimônio”, segundo ele.

 

Mais Chavinha

 

E pelo visto no que depender do presidente do Sete os jogos que ainda restam não serão jogados no Douradão. Ele foi bem categórico “Então nossa casa é o Chavinha”. Que coisa!

 

Ainda Chavinha

 

E para não deixar dúvidas do seu posicionamento quanto aos jogos em Casa (leia-se em Dourados), passarinho bem próximo ao Clube disse que mesmo que se os laudos técnicos liberem os jogos da semi-final e final do campeonato sul-mato-grossense no Douradão, o presidente Tony Montalvão não irá aceitar, ou seja, os jogos permanecem no Estádio Chavinha.

 

Público

 

O mesmo pássaro comentou a coluna que apesar da indignação do gestor do Sete, é improvável que os jogos da final do campeonato aconteçam no Chavinha, tendo em vista a capacidade do estádio de 1.800 pessoas não atenderem as exigências da Federação de Futebol do MS, que exige capacidade acima de 5 mil, nisto inclui-se o Estádio Douradão.

 

Choque na escola

 

Aluno do período vespertino, matriculado no 6º ano, na Escola Estadual Presidente Vargas, levou um baita choque em um dos bebedores instalados no pátio do local. O fato teria ocorrido ontem (26), no intervalo da aula de educação física e assustou a direção da escola.

 

Mais choque

 

A Rapidinhas! ficou sabendo, que inclusive uma viatura do Samu foi chamada para atender o pequeno aluno. Que fique o alerta aos diretores da unidade de ensino e ao Governo do Estado quanto a manutenção dos bebedores refrigerados e outros equipamentos elétricos instalados nas escolas públicas estaduais.

 

LEI TAMBÉM – REINALDO REPASSA R$ 125 MILHÕES NA SAÚDE, MAS FICA DEVENDO 4 MILHÕES A DOURADOS

 

Tony Montalvão, presidente do Clube Desportivo Sete de Dourados (Foto - João Pires/arquivo)

 

João Pires

ESTADO NOTÍCIAS

Reinaldo repassa R$ 125 milhões na Saúde, mas fica devendo 4 milhões a Dourados

 

No Portal do MS

 

Matéria publicada no portal do Governo do Estado divulgou o repasse de mais de R$ 125 milhões destinados ao setor da Saúde de Mato Grosso do Sul. O valor seria do período desde o dia 1º de janeiro de 2019 e foi repassado aos 79 municípios.

 

Em Dourados

 

Já  na segunda maior cidade do Estado, até a semana passada, segundo consta, o Governo do Estado tinha um déficit de mais de R$ 5 milhões, sendo que foi depositado aos cofres do município, no final de semana, somente R$ 1,138 milhões. Ou seja, ficou para trás o valor exato de 4.314.607,87 em atraso. Que coisa!

 

Mais Dourados

 

Vale ressaltar que Dourados aplicou no ano de 2018 aproximadamente 25% da sua receita em Saúde, o que equivale a quase R$ 100 milhões em recursos próprios, enquanto o pacto federativo obriga o município investir o percentual de 15% e ao Estado o repasse de 12%.

 

E o Geraldo?

 

Ainda voltando na matéria divulgada no portal do Estado, o repasse totalizando R$ 125 milhões aos 79 municípios “cumpre determinação do governador Reinaldo Azambuja ao secretário de Estado de Saúde, Geraldo Resende, com o objetivo de colocar em dia e regularizar os repasses de recursos em todas as parcerias com as administrações municipais”.

 

Esperança

 

Como só resta aos douradenses esperar por dias melhores, incluindo recursos destinados à Saúde, agora é torcer que a determinação do governador Reinaldo se cumpra no mais breve possível e ao secretário de Estado e Saúde, Geraldo Rezende, que também é douradense, continue olhando com carinho para a terrinha do seu Marcelino. Aguardemos.

 

Buraco

 

E por falar em esperar, na tarde de ontem (18) o fotógrafo Eliel Oliveira registrou e postou no grupo do WhatsApp do Estado Notícias, o congestionamento na rua Hayel Bon Faker, por conta de uma buraco que já se transformou em cratera, bem no centrão de Dourados. A coluna faz um alerta à Semsur para que pelo menos faça um serviço emergencial no local, como colocação de pedras brita até que se inicie a operação tapa-buracos.

 

Outro buraco

 

Aproveitando, seria bom que a mesma medida seja tomada no cruzamento da rua Toshinobu Hatayama com a rua Joaquim Alves Taveira. No local também surgiu outro buracão, onde inclusive os motoristas já são obrigados a desviar parte dos seus veículos no canteiro central.

 

Sem buracos

 

Nesta semana a prefeita Délia Razuk divulgou a abertura de processo licitatório para a aplicação de R$ 5 milhões nas operações de tapa-buraco na cidade. Conforme a prefeita, os recursos são próprios e devem ser empregados na ampliação da recuperação das vias asfaltadas, uma vez que este serviço tem sido feito apenas com o material de massa fria produzido na usina do município. Ufa!

 

LEIA TAMBÉM – PARTE DO PARQUE DE EXPOSIÇÕES DE DOURADOS PODE SER INTERDITADA PARA EXPOAGRO 2019

 

Buraco tem causado congestionamento no centro de Dourados (Foto - Eliel Oliveira)

 João Pires

ESTADO NOTÍCIAS

Parte do Parque de Exposições de Dourados pode ser interditada para Expoagro 2019

 

Sem Pavilhão

 

Nada é tão ruim que não possa ficar pior! Não é novidade para ninguém que a ‘festa agropecuária’, a Expoagro, realizada todos os anos em Dourados já não tem agradado o público por falta de atrações. E para ficar ainda pior o pavilhão comercial, conhecido Pavilhão da Aced, pode ser interditado ainda antes do início do evento previsto entre os dias 10 a 19 de maio.

 

Chuva no Pavilhão

 

Passarinho corneteiro de plantão, disse a Rapidinhas! no início da tarde de hoje (28) que em dias de chuvas prolongadas o pavilhão de eventos mais parece um verdadeiro dilúvio, diante das goteiras e vazamentos nas telhas e calhas do prédio e, por isso mesmo deve ser interditado para o uso de qualquer atividade.

 

Mais chuva no Pavilhão

 

O mesmo pássaro plantonista afirmou ainda que para acabar com os alagamentos no pavilhão comercial, será necessário trocar todas as telhas, levando em consideração que o telhado é antigo, aproximadamente 50 anos. Ainda segundo os cálculos da ave o serviço não sairia por menos de R$ 200 mil.

 

Aced presente

 

Por outro lado, pelo visto no que depender da presidente da Aced (Associação Comercial e Empresarial de Dourados), Elizabeth Rocha Salomão, a parceria com o Sindicato Rural de Dourados deve continuar firme e forte. Em contato com a coluna, ela disse que as atividades dentro do Parque de Exposições João Humberto de Carvalho serão mantidas.

 

Sem Exposhopping

 

A diretora da Aced, confirmou à Rapidinhas! que a presença dos estandes comerciais no pavilhão comercial não deve acontecer na Expoagro 2019, porém, as atividades serão diferenciadas, com foco em palestras e cursos de capacitações que serão realizados em um outro espaço dentro do Parque.

 

Cota Zero

 

O deputado estadual Neno Razuk (PTB) sugeriu recentemente na Assembleia Legislativa, o manejo sustentável do jacaré como alternativa à cota zero para pesca amadora e desportiva em Mato Grosso do Sul a partir de 2020.

 

Mais Cota Zero

 

Para o deputado Neno, o manejo sustentável do jacaré também pode proporcionar uma rede de trabalho em torno de atividade, envolvendo empresas de diferentes portes, além da população ribeirinha, com possibilidade de injeção na economia de até R$ 1 bilhão anualmente, com a industrialização da carne, couro e ossos com o abate de 600 mil exemplares por ano.

 

Buraco

 

A Secretaria de Serviços Urbanos de Dourados precisa agir rápido com relação a manutenção das ruas, já que em praticamente toda a cidade aumentou em muito a buraqueira. Para se ter ideia, na rua Cuiabá, próximo ao 1º DP da Polícia Civil, moradores utilizaram carcaças de eletrodomésticos para sinalizar um dos buracos da via. (Foto abaixo)

 

Mais Buraco

 

Em release distribuído a imprensa, a Prefeitura de Dourados afirmou que foram entregues na manhã de ontem (27) os materiais necessários para a retomada da produção de massa fria na usina do município. Conforme o secretário Fabiano Costa (Semsur), a prioridade será para as ruas que compõem o quadrilátero central e as linhas de ônibus.

 

 LEIA TAMBÉM – RENATO CÂMARA VAI ASSUMIR A PRESIDÊNCIA DO MDB JÁ PENSANDO NA PREFEITURA DE DOURADOS

 

Moradores improvisaram sinalização de buraco com sucata de eletrodomésticos na rua Cuiabá (Foto - João Pires)

 

João Pires

ESTADO NOTÍCIAS

Renato Câmara vai assumir a presidência do MDB já pensando na Prefeitura de Dourados

 

Presidente

 

Antes mesmo do Carnaval o diretório do MDB deve anunciar o nome do deputado estadual Renato Câmara como presidente da comissão executiva do partido no Mato Grosso do Sul. Passarinho que sobrevoa os corredores do poder em Campo Grande, disse ontem (20) à Rapidinhas! que a adesão ao nome do deputado já está praticamente certa e em menos de dez dias a informação será oficializada.

 

Prefeito

 

Não é novidade a intenção de Renato Câmara em disputar a cadeira de prefeito no segundo maior colégio eleitoral do MS, levando em consideração que dos 36.903 votos no Estado, destes, 9.375 votos foram creditados no município, superando inclusive a votação do colega também eleito, deputado Barbosinha (DEM), que obteve menos de 28 mil votos, sendo 7.455 em Dourados.

 

Prefeitando

 

E pelo visto, pelo menos nos releases distribuídos à imprensa, fica evidente que muitas de suas ações na Assembleia Legislativa serão voltadas à Dourados, tanto que ontem mesmo a assessoria do deputado Renato divulgou uma solicitação ao Governo do Estado e a Prefeitura medidas com relação a manutenção da iluminação do prolongamento da Avenida Guaicurus.

 

Marçal também

 

E para não ficar atrás, no mesmo dia o deputado estadual Marçal Filho (PSDB) também divulgou matéria, alertando sobre risco de desabamento do túnel localizado no Parque das Nações 2, que estaria com rachaduras na estrutura. Pelo visto a cidade de Dourados estará bem representada pelos dois deputados estaduais. Melhor assim!

 

Desculpa Brasil

 

Em meio à crise política entre o presidente nacional do PSL, o ex-secretário-geral da Presidência da República, Gustavo Bebianno admitiu que precisava pedir desculpas ao Brasil por ter viabilizado a candidatura de Bolsonaro. Ele foi acusado de mentiroso pelo filho do Presidente da República e acabou sendo exonerado do cargo. “Nunca imaginei que ele seria um presidente tão fraco”, disse Bebianno.

 

Desculpa MS

 

Já no Mato Grosso do Sul, as lambanças do PSL aparentemente estão mais calmas, considerando que mesmo antes da posse, os eleitos e não eleitos já trocavam farpas, como o caso envolvendo a senadora Soraya Thronicke que  causou um estardalhaço ao afirmar que ela estaria sendo acusada de querer tomar o partido no estado, numa espécie de “golpe parlamentar”.

 

Mais desculpa MS

 

E como confusão pouca é bobagem, resta saber que se ‘tudo der errado’, o presidente estadual do PSL, Rodolfo Nogueira, também irá se desculpar por ter viabilizado os votos ao Bolsonaro no Mato Grosso do Sul, incluindo ao governador Reinaldo Azambuja (PSDB), alvo de investigação do MPE relacionado aos exorbitantes contratos publicitários em sua gestão.

 

Sanesul

 

Em quem esteve visitando a Prefeitura de Dourados esta semana foi o diretor-presidente da Sanesul, Walter Carneiro Júnior. Ele foi recebido pela prefeita Délia Razuk (PR) e secretários municipais, onde explicou detalhes do plano de investimentos para a cidade nos próximos anos.

 

Mais Sanesul

 

Carneiro Junior disse que o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) tem interesse em renovar o contrato com o município para exploração dos serviços de água e esgoto e dar continuidade nos investimentos que fez no município nos últimos cinco anos. Então tá…

 

Waltinho Carneiro foi recebido pela prefeita Délia, na terça-feira pela manhã (Foto - A.Frota)

 

João Pires

ESTADO NOTÍCIAS

Pupilo de Murilo Zauith pode ser o novo diretor da Sanesul; Mara Caseiro vai para a Cultura

 

Mara na Cultura

 

Mara Caseiro (PSDB) deve assumir a Secretaria de Cultura e Cidadania do Mato Grosso do Sul. Passarinho que andou pelos corredores da Assembleia Legislativa esta semana disse a Rapidinhas! que está praticamente certa a nomeação da ex-deputada tucana na pasta.

 

Mais Mara

 

Apesar de ser a candidata mais votada entre as mulheres na eleição passada, atingindo 23.813 votos no Estado, Mara Caseiro não conseguiu se reeleger, ficando apenas como primeira suplente na coligação. Ela fez parte da base aliada do governador reeleito e assim deve ser ‘acomodada’ pelo governo nos próximos quatro anos.

 

Waltinho

 

Walter Carneiro Junior pode ser o novo diretor presidente da Sanesul na gestão de Reinaldo Azambuja (PSDB), por indicação do vice-governador e secretário de Infraestrutura Murilo Zauith (DEM). O mesmo pássaro que esteve na Capital disse que são fortes os rumores de que a vaga na empresa de saneamento será realmente ocupada por um douradense. Só não confirmou quem será realmente… À conferir.

 

Mais Waltinho

 

A nomeação de Waltinho pode vir como uma retratação da parte do governador Reinaldo, já que no seu primeiro mandato, em 2015, ele não teria atendido o pedido de Murilo Zauith (prefeito de Dourados naquele período) onde tentou emplacar seu fiel escudeiro na empresa de saneamento. Inclusive na época Waltinho ocupava o cargo de secretário de Fazenda do município e foi exonerado na esperança da nomeação.

 

Detran

 

Já Luiz Carlos da Rocha Lima, atual diretor-presidente da Sanesul deve ser o novo diretor do Detran (Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso do Sul), assumindo a vaga deixada por Roberto Hashioka (PSDB), que foi nomeado na SAD (Secretaria de Administração Desburocratização), no lugar de Carlos Alberto Assis, que assume a chefia de gabinete.

 

Morte na Acolhida

 

A Secretaria de Assistência Social em Dourados divulgou ontem (10) que abriu sindicância para apurar a morte do idoso Sebastião Firmino da Silva, 63 anos, encontrado morto na Casa da Acolhida no dia 07 de janeiro. Segundo consta ele havia dado entrada na instituição no dia 29 de dezembro de 2018.

 

Ainda na Acolhida

 

Também na manhã de ontem, o presidente da Câmara de Dourados, Alan Guedes (DEM) esteve no local, acompanhado dos vereadores Sergio Nogueira (PSDB), também presidente da Comissão de Assistência Social, Olavo Sul (Patriotas) e Maurício Lemes (PSB), a Casa da Acolhida. Eles foram até o local para fiscalizar e obter informações sobre o serviço realizado no município, que oferece hospedagem temporária para pessoas.

 

Mais Acolhida

 

O coordenador do abrigo, Eugênio Lins, acompanhou os vereadores pelo local e ressaltou que a Casa da Acolhida atende, em média, 15 pessoas por diariamente e há 15 servidores no local, sendo nove efetivos. Ele ainda apresentou uma versão preliminar sobre o ocorrido, visto que ainda são esperados os resultados da perícia.

 

Rede Estadual

 

Começou ontem e vai até o dia 16 o prazo para matrículas dos alunos designados nas escolas da Rede Estadual de Ensino, porém, quem perder o prazo terá uma nova chance para a inscrição, entre os dias 10 e 16 de janeiro. Para essa segunda chamada, a lista de designação será divulgada no dia 20 e o período das matrículas será entre 21 e 25 de janeiro.

 

Rede Municipal

 

Já em Dourados, o prazo para matrículas dos alunos da Reme (Rede Municipal de Ensino), segue até o próximo domingo (13). O endereço eletrônico para a matrícula digital é o www.dourados.ms.gov.br, na aba “Cidadão”, menu “Matrícula Digital 2019”.

 

Juiz Odilon agradece eleitores e promete voltar ao cenário político nas próximas eleições

 

Agradecimento

 

Em vídeo divulgado ontem (29), nas redes sociais o juiz aposentado Odilon de Oliveira (PDT) agradeceu os 616 mil eleitores sul-mato-grossenses que lhe confiaram o voto ao cargo de governo do Estado. Ele perdeu a eleição contra o atual governador reeleito, por 60.888 votos, que equivale à 4.7% de diferença. Reinaldo Azambuja (PSDB) ficou com 677.310 votos e Odilon com 616.422 votos.

 

Fortalecimento

 

No vídeo de quase 2 minutos, o ex-candidato se considera fortalecido com o resultado da eleição e atribuiu sua derrota nas notícias falsas que circularam durante a campanha eleitoral e na força política do governador reeleito. “Perdemos não para o adversário, mas para o peso da máquina administrativa e para o fake news”, afirmou.

 

Futuro

 

Encerrando os agradecimentos, Odilon não descartou sua participação direta nas próximas eleições nos próximos quatro anos. “Voltaremos em 2020 e 2022, com aquela mesma bandeira, a bandeira da lisura, a bandeira da transparência e a bandeira da honestidade”, disse.

 

Balanço

 

Dos 79 municípios do Mato Grosso do Sul, o juiz Odilon venceu em 16 localidades, incluindo Dourados e Três Lagoas, considerados dois principais colégios eleitorais do Estado, segundo e terceiro respectivamente. O maior é Campo Grande, onde vitória ficou com Azambuja, que obteve 243.742 votos, contra 215.193 de Odilon.

 

Mais balanço

 

Além de Dourados e Três Lagoas, Odilon de Oliveira também venceu nos seguintes municípios: Anastácio, Anaurilândia, Aparecida do Taboado, Batayporã, Camapuã, Costa Rica, Deodápolis, Guia Lopes da Laguna, Itaquiraí, Ivinhema, Jardim, Naviraí, Nova Andradina e Novo Horizonte do Sul.

 

Dourados e Três Lagoas

 

Em Dourados, segunda maior cidade do MS, o juiz Odilon venceu com 55.231 (50.54%) votos. Já Reinaldo obteve 54.55 (49.46%). A diferença entre os dois candidatos foi de 1.176 votos. Já em Três Lagoas, Odilon venceu com 27.122 votos (56.44%). Reinaldo conquistou 20.934, que equivale a 43.56%.

 

Audiência pública

 

Acontece hoje (31), às 19h, na Câmara de Dourados, a audiência pública “A vida está em suas mãos”, em alusão ao Outubro Rosa e Novembro Azul, meses de combate ao câncer de mama e próstata. O evento, de proposição dos vereadores Juarez de Oliveira (MDB) e Daniela Hall (PSD), tem o objetivo de promover a consciência sobre a importância da prevenção.

 

Prefeitura esclarece

 

A Prefeitura de Dourados emitiu nota de esclarecimento à imprensa, com relação a “Operação Pregão”, deflagrada nesta manhã, na Secretaria Municipal de Fazenda e no Departamento de Licitação do Município de Dourados. Veja na íntegra:

 

Nota de Esclarecimento

 

Hoje foi deflagrada na Secretaria Municipal de Fazenda e no Departamento de Licitação do Município de Dourados, bem como em diversos outros locais do Estado, procedimentos de busca e apreensão que buscam instituir investigação sobre eventuais fraudes. A administração pública municipal, sempre comprometida com a lisura e transparência em sua gestão, se colocou à inteira disposição do Ministério Público para que os trabalhos possam ocorrer na máxima tranquilidade, certos de que a obediência às normas legais deverão sempre prevalecer, sendo este o compromisso da prefeita municipal.

 

Dourados, 31 de outubro de 2018

 

Pastora repudia campanha eleitoral de Reinaldo na Marcha para Jesus

 

Virada

 

Pesquisa do IPEXX BRASIL (Instituto de Pesquisas LTDA) divulgada nesta segunda-feira apontou virada na intenção de votos ao governo do Estado. Segundo a pesquisa o candidato Juiz Odilon (PDT) ultrapassou o atual governador Reinaldo (PSDB), que disputa reeleição.

 

Mais virada

 

Segundo o levantamento do IPEXX, se a eleição fosse hoje o candidato Juiz Odilon venceria com 52,52% das intenções de votos válidos, enquanto atual governador Reinaldo Azambuja ficaria com 47.48%.

 

Ainda virada

 

A pesquisa foi realizada entre os dias 17 a 21 de outubro e entrevistou 1040 pessoas, nos 12 maiores colégios eleitorais do Estado, sendo; Campo Grande, Dourados, Três Lagoas, Corumbá, Ponta Porã, Naviraí, Nova Andradina, Aquidauana, Sidrolândia, Paranaíba, Maracaju e Coxim. Foi registrada no TRE/MS-05585/2018.

 

Repúdio

 

A distribuição de material gráfico do candidato Reinaldo Azambuja (PSDB), durante a Marcha para Jesus, no sábado passado em Dourados, gerou criticas nas redes sociais. No Facebook, por exemplo, a pastora Lia Oliveira, da Igreja Avivamento Shalom, repudiou o ato.

 

Oportunista

 

A pastora, que é uma das organizadoras do evento, afirmou que esta edição da Marcha para Jesus não contou com nenhum apoio político. “Realizamos nossa Marcha pra Jesus sem nenhuma ligação política. Nenhum centavo… nenhum apoio…, MARCHA pura, e o 45 distribuir esses folders mentirosos é um total desrespeito. Tem meu repúdio!”, postou.

 

Trombeta

 

Por outro lado, apesar da organização da Marcha garantir que não houve apoio político, o trio elétrico “Trombeta”, do deputado estadual Lidio Lopes (Patriotas) animou o público durante todo o dia. O caminhão também foi utilizado durante a manifestação pró Bolsonaro, no domingo a tarde, no calçadão da Praça Antônio João.

 

Ainda Trombeta

 

Já Marcio Roberto Dias Vieira, que também faz parte da comissão organizadora do evento, justificou por mensagem no Facebook, que o trio elétrico do deputado Lídio Lopes foi cedido como uma oferta pessoal e que todas as despesas de translado, além da estadia e alimentação foram custeadas pela organização. “Apenas foi cedido o veículo e equipamento de som, sem nenhuma troca de favores ou propina”, comentou. O deputado também é evangélico.

 

Marchando

 

A Marcha para Jesus é um evento nacional e reúne milhares de evangélicos todos os anos em diversas cidades do País. Em Dourados, o evento acontece há pelo menos dez anos, realizado pelo Conped (Conselho de Pastores Evangélicos de Dourados).

 

Mito

 

O que também deu o que falar neste final de semana foi o movimento ‘apartidário’ realizado ontem (21) na Praça Antõnio João. O evento que seria exclusivamente pró-eleição de Jair Bolsonaro, foi organizado pelo PSL (partido do presidenciável) e acabou servindo também para pedir votos ao candidato Reinaldo Azambuja (PSDB).

 

Ainda Mito

 

Em certo momento da manifestação o presidente regional do PSL, Rodolfo Nogueira, usou o microfone para fazer campanha ao Reinaldo, que diz ter o apoio de Bolsonaro. “O Estado está crescendo e está bem conduzido. Vamos dar um voto de confiança ao nosso governador Reinaldo Azambuja, pois ele fez um bom governo”, disse. Então tá…

 

Sessões na Câmara

 

A partir de hoje (22), as sessões ordinárias na Câmara Municipal de Dourados voltam a serem realizadas no período noturno. Conforme o comunicado, a presidente da Casa de Leis, Daniela Hall (PSD), delibera que as sessões ordinárias serão realizadas todas as segundas-feiras, a partir das 17h30, sendo que a pré-pauta será realizada no mesmo dia às 9h.

 

LEIA TAMBÉM – VEREADOR AVALIA QUE CAMPANHA DE REINALDO ESTÁ ‘INDO PRO BREJO’ EM DOURADOS

 

Reprodução

 

João Pires

ESTADO NOTÍCIAS

Vereador avalia que campanha de Reinaldo está ‘indo pro brejo’ em Dourados

 

Obras paradas

 

Pássaro vermelho enviou fotos à Rapidinhas! da situação que se encontra o cruzamento da ruas José de Alencar com a Weimar Gonçalves Torres, bem na esquina do Espaço Esperança. A imagem (abaixo) retrata o abandono do Governo do Estado com relação ao recapeamento das avenidas de Dourados. Neste local, por exemplo, o serviço foi interrompido há mais de 30 dias. Porque será?

 

Campanha fria

 

O vereador Silas Zanatta (PPS) considerou na tribuna da Câmara de Dourados, na sessão desta terça-feira (16), que a campanha eleitoral à reeleição do governador Reinaldo Azambuja (PSDB) está ‘fria’, na segunda maior cidade do Estado.

 

Telefonema

 

Em sua fala, o vereador afirmou que recebeu uma ligação de uma liderança do Governo, onde expressou sua opinião sobre a campanha. “Como não sou de mentir eu falei que Dourados está frio e só reuniãozinha e esse negócio de WhatsApp não funciona, disse.

 

A vaca vai pro brejo

 

Apesar de considerar a importância da reeleição do atual governador e reconhecer o seu trabalho, o vereador Silas Zanatta deixou um alerta a coordenação de campanha de Reinaldo. Para ele, é necessário ir para ruas, bairro a bairro pedir votos, ou, como ele finalizou seu discurso “a vaca vai pro brejo, E depois que a vaca for pro brejo não adianta chorar o leite derramado”.

 

Números

 

A preocupação do vereador Silas tem sentido, levando em consideração a votação do governador Reinaldo inferior aos votos de juiz Odilon. Ele, Reinaldo Azambuja, obteve 42.882 votos (40,36%) dos douradenses. Já o juiz Odilon obteve 45.564 (22,70%). A diferença entre os dois em Dourados foi de 2.682 votos a mais ao juiz.

 

Bispo na rua

 

E por falar em rua, quem não tem medido esforços para conquistar votos ao candidato ao governo juiz Odilon (PDT), é o seu vice bispo Marcos Vitor. Ele, que é douradense, desde o primeiro turno tem percorrido vários bairros da cidade, as vezes em caminhadas ou na carroceria de uma camionete, sempre junto com sua equipe, faça sol ou chuva. Fica o exemplo.

 

Valeta está aberta há mais de 30 dias na esquina da rua José de Alencar com a Weimar G. Torres (Foto: Leitor)

 

João Pires

ESTADO NOTÍCIAS

Apoio a Bolsonaro confunde e divide eleitores de Reinaldo e Odilon

 

Reinaldo com Bolsonaro

 

Apesar da Executiva Nacional do PSDB declarar no final da tarde de ontem (9) que não vai dar apoio a nenhum presidenciável neste segundo turno, o candidato à reeleição Reinaldo Azambuja, decidiu por conta própria, apoiar Jair Bolsonaro (PSL), considerando, é claro, sua votação expressiva, já que ele atingiu mais da metade dos votos no Estado.

 

Confusão

 

Porém, a declaração do tucano ficou confusa para alguns eleitores, tendo em vista que justamente a senadora eleita Soraya Thronicke, pelo partido de Bolsonaro, como advogada, reforçou pedido de impeachment de Reinado Azambuja, na Assembleia Legislativa, um dia após a Operação Vostok, desencadeada pela Polícia Federal durante o primeiro turno. Mas como na política eleitoral nada tem muito sentido, está valendo…

 

Mais confusão

 

O fato é que o apoio a Bolsonaro deve atrair alguns votos a mais ao atual governador, mas ao mesmo tempo podem migrar outros para o juiz Odilon de Oliveira (PDT), já que ele se diz neutro com relação a alianças.

 

Confusão ainda

 

A Rapidinhas! conversou com uma eleitora que afirmou, inclusive, que algumas pessoas que apoiaram o Reinaldo por influencia do seu vice Murilo Zauith (DEM), estão migrando o voto para o juiz Odilon, após os dois declararem apoio a Bolsonaro.

 

Odilon com Bolsonaro?

 

Se por um lado Reinaldo Azambuja oficializou apoio a Jair Bolsonaro, o candidato Juiz Odilon optou pela neutralidade. Ontem, em entrevista a TV Record, ele criticou o radicalismo e a polarização de extremos neste segundo turno eleitoral e defendeu a pacificação no país. “É preciso conciliação e reconciliação, senão o Brasil viverá neste briga o tempo todo”, afirmou.

 

Divisão

 

Já no final da tarde de ontem circulou nas redes sociais, um convite para inauguração do comitê eleitoral do PRB, nesta quinta-feira (11), na Capital. O PRB é coligado ao PDT do juiz Odilon, que tem como vice o bispo Marcos Vitor. O detalhe é que na arte do convite estão as fotos de Bolsonaro ao lado do bispo e do candidato juiz Odilon. Fica a impressão que o convite foi feito a revelia. Que coisa!

 

Mais divisão

 

Certo ou não, o republicano bispo Marcos claramente declarou apoio pessoal a Jair Bolsonaro, independente do entendimento do PDT. Tanto é verdade que correligionários do PRB já se posicionaram neste sentido e fazem questão de demonstrar ou induzir apoio de Odilon ao presidenciável.

 

Ainda divisão

 

Para se ter uma ideia da paixão pelo ‘mito’, em grupo de WhatsApp intitulado “JuizOdilon-12-BispoMarcos”, parte de seus membros migraram para um segundo grupo criado pelos apoiadores de Bolsonaro, com o título: “Juiz Odilon e Bolsonaro”. Coisas da democracia…

 

Deputado reacionário

 

Na ‘onda’ de Jair Bolsonaro, o deputado eleito para compor a bancada estadual, Tio Trutis, já causou polêmica nas redes sociais antes mesmo de tomar posse na Assembleia Legislativa. Ele divulgou um vídeo onde usa uma churrasqueira para queimar material impresso de campanha que teriam sido destinados a sua campanha pelo PSDB, oriundos de fundo partidário. O mandato do Tio promete!

 

LEIA TAMBÉM – DOURADOS FICA SEM DEPUTADO FEDERAL MAS GANHA SENADORA DO BOLSONARO

 

Reprodução/Facebook

 

 

Reprodução/WhatsApp